quinta-feira, 25 de abril de 2019

Ponte Preta e Coritiba estão prontos para medir forças na estreia da Série B

Um duelo que já aconteceu várias vezes na Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro está marcado logo para a primeira rodada da Série B em 2019. E vai encerrar a primeira fase, que terá início nesta sexta-feira (26/4). Trata-se do confronto entre Coritiba e Ponte Preta, marcado para segunda-feira (29), às 20 horas, no estádio Couto Pereira, em Curitiba.

Com o apoio da torcida, após fracassar no Campeonato Paranaense, o Coritiba espera encontrar o caminho das vitórias sob o comando do técnico Umberto Louzer, que substituiu Argel.

Quem conhece bem a Série B, e os clubes do futebol paulista, é o atacante Welinton Junior, que está ansioso para estrear na competição.

``O elenco é trabalhador, está na pegada. Vai começar! Feliz de poder jogar a competição, sei que a maioria dos meus gols foram jogando a Série B, vivi ótimas fases e momentos. Eu quero isso de novo, novas melhores fases da minha carreira. Ainda mais porque estou defendendo o Coritiba, um gigante, clube de tradição, que precisa jogar a Série A´´, disse Welinton Junior, que após se recuperar de lesão fez cinco jogos pelo Coxa, com um gol e uma assistência.

Com 25 anos, Welinton Junior vai para sua quinta edição de Série B. São 83 jogos até então, e 15 gols marcados, número que equivale a mais de 60% dos gols anotados ao longo da carreira.

``Claro que é uma competição muito difícil, complicada, longa, de muita disputa, jogos complicados. Mas é o Coxa e temos que buscar o acesso. Meus melhores momentos na carreira foram na Série B, fazendo gols, dando assistências, engatando sequência boa de jogos. Vou fazer de tudo para ajudar o Coritiba. Meu foco é esse´´, prometeu.

Por ter jogador no futebol paulista, o atacante entende que encarar a Ponte Preta não será fácil.

``Logo de cara temos um jogo muito complicado, difícil, contra time que também vai brigar pelo acesso. A Ponte tem vários jogadores de qualidade, comissão técnica que entende de futebol. Vamos ter dificuldade. É trabalhar bem para evoluirmos ao máximo e buscarmos a vitória´´, finalizou.

Outros trunfos do Coxa  são suas revelações nas categorias de base. Nathan, que no ano passado atuou em algumas partidas na Série B, fazendo gol na vitória diante do Goiás, fora de casa, é um dos garotos que prometem mostrar serviço na atual temporada.

``Estou pensando desde o começo do ano sobre isso. Venho mentalizando que devo dar o meu melhor a cada treino e jogo para que eu consiga desempenhar o meu futebol em alto nível. Sei que como consequência disso estarei ajudando os meus companheiros. Espero ter bom desempenho na Série B com assistências e gols´´, contou o atleta de 19 anos.

Bem mais adaptado ao futebol profissional, Nathan acredita que a boa sequência de jogos que teve no estadual, sendo titular em algumas oportunidades, será um ponto crucial para atuar na Série B.

``Esses jogos que fiz no estadual foram grandes oportunidades. Consegui ganhar ritmo de jogo e me adaptar com a intensidade no profissional. É bem diferente da base. Agora estou recuperado da lesão que me impediu de atuar mais jogos e muito motivado em ajudar o Coritiba´´, ressaltou o atacante.

PONTE PRETA

O meia Matheus Vargas esteve fora do grupo da Ponte Preta por conta de lesão muscular na coxa, que o tirou da reta final do Paulistão e do Troféu do Interior. Após período de recuperação, o jogador está novamente à disposição do técnico Jorginho para recuperara grande fase na Série B do Brasileiro.

``Voltei após um mês parado e agora é buscar meu espaço novamente no dia a dia, para estrear como titular na Série B´´, enfatizou o atleta, que nesse período ainda estava envolvido em renovação contratual com a Macaca.

``Mantive meu foco na recuperação, para começar bem a Série B. Estou pronto. Faz uma semana que estou treinando normalmente com o elenco. Não tive mais dores na coxa e estou 100%. É focar, para chegar ainda melhor no dia do jogo. Continuo na Ponte. Apareceram algumas sondagens sim, mas nada concreto. Mantive o foco na minha renovação aqui. Vim para marcar meu nome na história, para fazer grande Série B e dar um título para a Ponte´´, ressaltou

Peça importante no esquema tático de Jorginho, Matheus Vargas valoriza o trabalho do treinador.

``É nítido, desde que o Jorginho chegou, a minha evolução. Ele conversou comigo, me deu confiança, pediu para eu acreditar no meu potencial e com muito trabalho eu consegui voltar a fazer grandes partidas´´, conta o jogador, que revela ainda o sentimento de gratidão que tem pelo clube.

``Sou grato pela oportunidade que tive na Ponte Preta. Me sinto bem com meus companheiros. Me sinto em casa, confiante, com a torcida sempre apoiando. Essa relação é muito boa. Foram me buscar no Audax, depois de uma Copa Paulista, o que raramente acontece. Cheguei e consegui mostrar meu futebol, tanto ano passado, como após a chegada do Jorginho. Só me deixa mais confiante, para o início da Série B´´, vislumbrou.

O meia também destaca que a Ponte tem que brigar sempre pelas primeiras posições.

``O Jorginho fala que temos que ser protagonistas em qualquer campeonato que formos entrar. Principalmente agora na Série B, em que somos um dos candidatos ao acesso. Por que não pensar em título? Isso é um foco da Ponte. Quem sabe não é esse ano? Vamos trabalhar para iniciar bem na Série B e conquistar o máximo de pontos nas oito primeiras partidas´´, comentou, relembrando que após as primeiras oito rodadas haverá a parada pela Copa América, que será disputada no Brasil.

Sobre o duelo contra o Coritiba, o meia espera equilíbrio, mas mostra confiança.

``Sabemos que será um duelo forte, porque eles não tiveram o resultado que queriam no paranaense e vão querer mostrar nesse início a potência que é o Coritiba. E nós temos que estar focados em chegar lá e fazer grande partida”, completa.





Fontes e fotos: assessorias de Coritiba e Ponte

Depois de brilhar no gol do Bangu no Carioca, Jefferson espera manter a boa fase no Guarani

Em meio a diversos goleiros famosos, dos quatro clubes grandes do Rio de Janeiro, Jefferson, vestindo a camisa do Bangu, foi o grande destaque do Campeonato Carioca de 2019 e ganhou o prêmio como o melhor jogador da posição. Animado, ele não pensou duas vezes ao receber proposta para retornar ao futebol paulista e vai defender o Guarani na Série B do Campeonato Brasileiro.

Jefferson Paulino, de 27 anos, que estava no Bangu, chega ao Bugre por empréstimo até o final do ano. A sua equipe conseguiu a façanha de ser a terceira colocada no Campeonato Carioca de 2019.

O novo goleiro do Guarani começou a carreira no São Bernardo. Ainda no cenário paulista passou por Oeste e Grêmio Osasco até chegar no Audax, onde foi vice-campeão paulista na temporada de 2016.

Após aventuras no futebol paulista, ele foi jogar no Rio, pelo Audax. O goleiro disputou 14 jogos pelo time de São João de Meriti, tomando oito gols entre jogos da Segundona e da Copa Rio.

Confira a ficha técnica:

Nome: Jefferson da Silva Paulino
Nascimento: 15/11/1991 (27 anos)
Local de nascimento: São Paulo (SP)
Peso: 71 kg
Altura: 185 cm
Pé preferencial: Destro
Último clube: Bangu-RJ
Posição: Goleiro



Fonte e foto: assessoria de imprensa do Guarani

Em duas frentes, priorizando a Série D, Ferroviária estreia na Copa Paulista diante do Mirassol

É claro que a Ferroviária, do técnico Vinicius Munhoz vai priorizar a Série D do Campeonato Brasileiro. Mas a Copa Paulista, onde a Locomotiva de Araraquara foi finalista nas três últimas competições, será encarada com seriedade. No máximo, quando coincidir datas, os garotos da base ganharão mais oportunidades. A meta é brigar pelos dois títulos!

A Ferroviária vai estrear fora de casa na Copa Paulista. Atual vice-campeã, a Locomotiva encara o Mirassol, no dia 23 de junho, na cidade de Mirassol.

Com novo regulamento para este ano, a Copa Paulista contará com 24 equipes, que foram divididas em grupos de seis clubes, classificando os quatro melhores para a segunda fase da competição. O primeiro jogo da Ferroviária na Fonte Luminosa será dia 30 de junho, contra o Votuporanguense, o atual campeão.

O técnico Vinicius Munhoz falou sobre a possibilidade de ter as duas competições, Copa Paulista e Série D, caso a equipe avance às fases seguintes, simultâneas.

``A partir da coincidência dos dois campeonatos, teremos que aumentar a quantidade de jogadores. Não descartamos a utilização de atletas da base e, mais adiante, podemos fazer mescla com esses jogadores´´, afirmou o treinador.

Retrospecto na competição

Nos últimos três anos, a Ferroviária chegou às três finais da Copa Paulista, sendo campeão em 2017 e vice em 2016 e 2018, o que deu o direito da Locomotiva disputar a Série D e a Copa do Brasil. Além de 2017, o clube acumula mais um título, que foi conquistado em 2006.

Confira a tabela completa da Ferroviária na Copa Paulista 2019:

Primeiro Turno

23/06 – 10h – Mirassol x Ferroviária

30/06 – 10h – Ferroviária x Votuporanguense

07/07 – 10h – Linense x Ferroviária

14/07 – 10h – Ferroviária x Comercial

21/07 – 10h – Batatais x Ferroviária

Segundo Turno


28/07 – 10h – Ferroviária x Mirassol

03/08 – 15h – Votuporanguense x Ferroviária

11/08 – 10h – Ferroviária x Linense

17/08 – 16h – Comercial x Ferroviária

24/08 – 10h – Ferroviária x Batatais



Crédito da foto: assessoria de imprensa da Ferroviária

quarta-feira, 24 de abril de 2019

Com a camisa do Guarani, Felipe Amorim reencontra o Figueirense na estreia da Série B

Três acessos, dois títulos e 148 jogos. Estes são os números de Felipe Amorim na Série B do Campeonato Brasileiro. Agora, com a camisa do Guarani, ele disputará pela oitava vez em 2019. E a estreia será no sábado (27/4), às 16h30, quando o Bugre recebe o Figueirense, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.

Após subir com título pelo Goiás, em 2012, e em 2015 e 2017 com o América-MG, Felipe Amorim quer uma quarta promoção à elite do futebol nacional.

``Sabemos da dificuldade que é disputar a Série B, mas vejo o Guarani com totais condições de buscar o acesso. Pessoalmente, seria fantástico subir para a Série A pela quarta vez na carreira, quem sabe até conquistando o meu terceiro título na competição. Porém, não devemos pular etapas. É pensar jogo a jogo, começando por essa partida contra o Figueirense´´, avaliou o jogador, de 28 anos, que chegou ao Bugre no início da temporada, emprestado pelo Fluminense.

Entre as sete participações de Felipe Amorim na Série B, uma foi pelo Figueirense, clube que defendeu na última temporada e onde foi campeão catarinense. Conhecedor da equipe alvinegra, o meia-atacante revela as suas expectativas para o duelo de sábado.

``O Figueirense é equipe tradicional, acostumada a disputar a Série A. Tenho certeza que teremos jogo muito difícil pela frente. Tenho grande respeito pelo clube, mas agora defendo as cores do Guarani. Espero ajudar o time da melhor maneira para que a gente consiga iniciar a Série B com bom resultado´´, concluiu o atleta, que pela segunda divisão nacional tem 14 gols anotados.




Crédito da foto: Letícia Martins / Guarani - Fonte: AV

Zagueiros Sandoval e Júnior Alves e meias-atacantes Jean Dias e Emerson Santos reforçam o São Caetano na Série D



Rebaixado no Campeonato Paulista, o São Caetano passa por profunda reformulação para disputar a Série D do Brasileiro. E neste início de semana chegaram quatro novos jogadores. Para reforçar o seu setor defensivo vieram zagueiros Sandoval e Júnior Alves, que estavam no Mirassol e Caxias (RS), respectivamente. E também desembarcaram no estádio Anacleto Campanella os meias-atacantes  Jean Dias, ex-  Marcílio Dias-SC, e Emerson Santos, ex-Operário-MS.

Sandoval vai iniciar a segunda passagem pelo clube. Na primeira, que durou de 2014 até o primeiro semestre de 2018, ele realizou 132 jogos e marcou sete gols.

``Feliz com a oportunidade de voltar. Acredito que posso fazer outro grande trabalho, assim como aconteceu na minha última passagem aqui. Não existe jogo fácil. Tanto fora como em casa. Os times são bons, estão investindo e sabemos o que virá pela frente´´, afirmou Sandoval.

Já Júnior Alves, vencedor da Série A2 (Segunda Divisão) do Paulista em 2017 pelo Azulão, retorna ao time em que atuou por 39 oportunidades e marcou um gol na primeira passagem, que durou de 2015 a 2017.

``Tivemos a oportunidade de subir na A2 no passado, e este ano vamos buscar novamente o acesso para colocar este time, pelo menos, na Série C do Brasileiro. Isso é algo essencial para a sequência do São Caetano em 2020´´, explicou o defensor que se destacou nas últimas competições pelo Caxias, onde realizou 34 jogos e marcou oito gols.

Outro reforço é o meia-atacante Jean Dias, que recentemente no futebol catarinense e que terá no Azulão a primeira chance no futebol paulista.

``Fico feliz pela oportunidade, pois sei da grandeza do clube. O grupo me acolheu muito bem e a expectativa é de lutarmos pelo acesso à Série C. Sempre joguei de atacante de beirada, mas também atuo como meia. Flutuo bastante por dentro e faço com que os laterais possam apoiar mais. É uma posição em que me destaquei nas últimas equipes´´, explicou.

Revelado pelo Goiânia, o novo reforço do São Caetano passou por vários times do Sul do Brasil na sequência da carreira. O último deles foi Marcílio Dias, onde foi titular nos 18 jogos realizados pelo clube, na edição passada do catarinense da primeira divisão, e marcou três gols.

Também com o intuito de fortalecer o setor ofensivo, o São Caetano oficializou o meia-atacante Emerson Santos, revelado pelo Grêmio e que estava no Operário (MS).

``Quando recebi a oportunidade de vir para o São Caetano fiquei muito feliz. O clube é grande e essa camisa representa muita coisa. Creio que vamos fazer bom campeonato na Série D e alcançar o nosso objetivo, que é subir de divisão´´, analisou.

Saídas

O meia-atacante Diego Rosa é mais um nome que teve a saída oficializada do Anacleto Campanella. Antes dele os jogadores Willians, Bruno Mezenga, Italo, Minho, Capa, Rafael Marques e Vitinho também tiveram os seus respectivos vínculos encerrados com o Azulão.




Crédito das fotos: Fabrício Cortinove / AD São Caetano - Fonte: assessoria de imprensa

Higor Meritão, ex-volante da Ferroviária, é o novo reforço do Botafogo para a Série B


Escapar do rebaixamento no Campeonato Paulista na última rodada fez o Botafogo, de Ribeirão Preto, reformular o elenco para a Série B, que começa neste sábado (27/4), às 11 horas, no estádio Santa Cruz, ao lado da sua torcida, diante do Vitória.

Os reforços continuam chegando. O último deles foi Higor Meritão, volante que atuou pela Ferroviária no Campeoanto Paulista, e já está à disposição do técnico Roberto Cavalo.

Meritão disputou nove jogos e marcou um gol pela vitória da Ferroviária, na partida diante do Ituano.

Nascido em Monte Alto (SP), o volante revelou estar empolgado com a  oportunidade de vestir a camisa Tricolor de Ribeirão Preto, o popular Pantera.

``Por ser da região e ter atuado em clubes do interior, o Botafogo sempre foi equipe que acompanhei e agora terei a oportunidade de jogar com essa camisa. Espero aproveitar e dar muitas alegrias para o torcedor´´, afirmou o camisa 18.

Além da Ferroviária, Higor Meritão também jogou por Monte Azul-SP, Santacruzense-SP, Botafogo-PB, XV de Jaú-SP e Velo Clube-SP.

Enquanto Meritão chega, estão saindo os volante Denilson e Evandro, o zagueiro Ednei, o meia Brayan e o zagueiro Roger. Estão treinando separado do elenco o meia Renan Oliveira e o lateral direito Maicon Silva.

FICHA DO ATLETA

Nome completo: Higor Matheus Miritão
Posição: Volante
Nascimento: 23/06/1994 (24 anos)
Local de nascimento: Monte Alto-SP
Peso e altura:
Clubes: Monte Azul-SP, Santacruzense-SP, Botafogo-PB, XV de Jaú-SP, Velo Clube-SP e Ferroviária-SP



Crédito da foto: assessoria de imprensa do Botafogo

terça-feira, 23 de abril de 2019

Vinicius Munhoz analisa rivais da Ferroviária e aposta em grande campanha na Série D do Brasileiro

O primeiro trabalho do técnico Vinicius Munhoz no futebol paulista foi muito bem feito. No comando da Ferroviária, no Paulistão 2019, ele classificou a Locomotiva para as quartas de final, empatou o primeiro jogo, em Araraquara, diante do Corinthians, e acabou sendo eliminado somente em Itaquera, na partida de volta.

Com moral na Ferroviária, Vinicius Munhoz renovou seu contrato com o clube até o final de 2020 e vai comandar a Locomotiva na Série D do Campeonato Brasileiro, sempre atento na campanha da equipe, em paralelo, na Copa Paulista.

Vinicius chegou à Ferroviária na Copa Paulista 2018, quando foi vice-campeão. Desde então, foram 38 jogos pela Locomotiva, com 16 vitórias, 17 empates e cinco derrotas. Marcou 55 gols e sofreu 29.

``Estou muito feliz pela renovação com a Ferroviária. É mais um ciclo que se inicia e esperamos que seja tão vitorioso quanto tem sido até agora. Vamos seguir trabalhando muito, para chegar forte na Série D do Brasileiro´´, afirmou o treinador.

A Locomotiva estreia na Séria D no dia 5 de maio, na Fonte Luminosa, em Araraquara, às 18 horas, contra o Joinville.

``É uma nova competição, de muita dificuldade. São poucos jogos, em curto espaço de tempo e por isso cresce bastante a preparação. Esperamos sair na frente novamente, assim como foi nas outras competições´´, explicou Vinicius Munhoz.

Sobre os adversários da primeira fase da competição, o técnico analisou as dificuldades.

``Nós estamos tendo muita atenção quanto aos movimentos das equipes que enfrentaremos. Claro que, primeiramente estaremos focados em nossa preparação, mas estamos atentos a eles e sabemos que são equipes estruturadas e que vai nos causar dificuldades dentro da competição´´, finalizou Vinicius Munhoz.

Além do Joinville, estão no Grupo da Ferroviária, o A17, o Maringá-PR e o Avenida-RS.

Um dos líderes da equipe e remanescente da competição nacional do ano passado, o goleiro Gabriel Leite espera um desfecho diferente para a Ferroviária.

``Sabemos que futebol é feito de oportunidade. E essa é uma nova que nós temos e para mim também. A expectativa é de fazer Série D melhor que a de 2018. Nós aprendemos muito com aquele campeonato e o objetivo desse ano, com certeza, é fazer algo diferente para que daqui quatro meses, estejamos comemorando´´, ressaltou o goleiro.





Crédito da foto: Jonatan Dutra /Ferroviária SA - Fonte: assessoria de imprensa

Roger Bernardo valoriza desempenho do Rio Claro na Série A2 e já pensa na Copa Paulista

Não foi desta vez que o Rio Claro conseguiu retornar para a elite do Campeonato Paulista. O popular Galo Azul esteve muito próximo do acesso, mas acabou sendo eliminada pelo Santo André nas quartas de final da Série A2 (Segunda Divisão) do Paulista. E o que doeu ainda mais foi ter caído dentro de casa, ao lado da torcida.

Nas quartas de final da Série A2, após vitória por 1 a 0, fora de casa, o Rio Claro só precisa do empate, em seu campo, para se classificar às semifinais. Mas perdeu por 2 a 1 no confronto de volta e, com um revés por 5 a 4 nas penalidades, deu adeus à competição.

Um dos destaques do Rio Claro na reta final da Série A2 foi o volante Roger Bernardo. Em oito partidas, o jogador conquistou quatro vitórias, um empate e sofreu três derrotas. Além disso, marcou um gol, já nos acréscimos do confronto com o Santo André. O tento foi o responsável por levar a decisão da vaga às semifinais para os pênaltis. Apesar da eliminação nas quartas de final, o atleta valoriza o bom desempenho do Galo Azul.

``Acabamos batendo na trave na briga pelo acesso ao Paulistão. Nossa equipe foi muito regular ao longo do campeonato e era merecedora da vaga, mas infelizmente ela não veio. De qualquer forma, fico muito feliz pela oportunidade e acredito que tenha conseguido ajudar o Rio Claro. Fiz bons jogos e encerro a Série A2 satisfeito com o meu desempenho individual´´, destacou o jogador, de 33 anos, que é natural de Rio Claro (SP).

Agora, Roger Bernardo foca as suas atenções na sequência da temporada. Nos próximos dias, o Rio Claro inicia a preparação para a disputa da Copa Paulista. Com início previsto para junho, o torneio garante ao seu campeão uma vaga na Série D de 2020.

``Estou muito motivado para a sequência da temporada. Teremos um torneio muito importante pela frente, que é a Copa Paulista. Temos a chance de garantir uma vaga na Série D em caso de título e vamos em busca de mais esta conquista para a história do Rio Claro´´, finalizou o volante, que tem passagens por Palmeiras, Guarani, Figueirense e Atlético-MG, além de ter atuado no futebol alemão por oito temporadas.


Crédito da foto: Divulgação / Rio Claro - Fonte: AV

sexta-feira, 27 de abril de 2018

Futebol Caipira está no Diário da Bola!




Amigos que acompanham diariamente o Futebol Caipira!


A partir desta sexta-feira (27/4), o Blog Futebol Caipira vai se unir ao Diário da Bola (www.diariodabola.com.br) para dar ainda mais destaque aos clubes de São Paulo, suas competições, seus personagens, e estender o campo de atuação para o futebol nacional e internacional.

Continuem nos prestigiando, mandando suas mensagens e sugestões de pautas.

Também tem a coluna Futebol Caipira, toda sexta-feira!

Acessem www.diariodabola.com.br


Contato: luizademar@hotmail.com

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Pela Quarta Divisão, Comercial defende invencibilidade caseira frente ao Jaguariúna


O Comercial FC enfrenta o Jaguariúna FC neste domingo, 29 de abril, às 10 horas, no Estádio Palma Travassos, casa do Leão, em Ribeirão Preto, em jogo válido pela quarta rodada da primeira fase do Campeonato Paulista da Série B, a quarta divisão do estadual.

Na rodada passada, o Leão do Norte interrompeu a série de duas vitórias consecutivas ao empatar, fora de casa, com o lanterna Independente de Limeira por 0 a 0. Já o Jaguariúna empatou por 1 a 1, em casa, com o Brasilis FC, de Águas de Lindóia.

O Comercial é o segundo colocado do Grupo 3, com sete pontos, dois atrás da líder Itapirense, enquanto o Jaguar Negro esta na sexta posição da chave, com dois pontos ganhos (dois empates e uma derrota).

Atrás da terceira vitória na temporada, o Leão do Norte entrará em campo defendendo  invencibilidade de mais de um ano sem perder como mandante. A última derrota comercialina em seus domínios foi em 12 de fevereiro de 2017, para o São Carlos, pelo placar de 1 a 0, pela quarta rodada da Terceira Divisão (Série A-3) do Paulista.

De lá para cá, o Bafo atuou no Palma Travassos mais oito vezes, com quatro vitórias e quatro empates.

Na última apresentação em Ribeirão Preto, com gols de Gleyson e do zagueiro Otávio Gut, o Alvinegro venceu a Francana por 2 a 0, pela segunda rodada da Quarta Divisão deste ano.







Fonte: Luiz Carlos Éden - Sorocaba (SP)

Assisense e Tupã se enfrentam pela Quarta Divisão no dia do trabalhador

O Clube Atlético Assisense (CAA) recebe o Tupã FC na próxima terça-feira, feriado de 1º de maio, dia do trabalhador, às 15 horas, Estádio Antônio Viana Assis, o Tonicão, na cidade de Assis, pela quarta rodada do Campeonato Paulista da Série B, a quarta divisão do estadual.

O Alviceleste de Assis vem de derrota, fora de casa, para o Talentos 10 de Marília por 2 a 1, enquanto o Tricolor da Alta Paulista vem de vitória, em casa, sobre o Grêmio Prudente por 2 a 0.

O Falcão do Vale aparece na penúltima posição do Grupo 1, com apenas com três pontos, enquanto o Índio do Oeste Paulista está na quinta posição da chave, com quatro pontos, mesma pontuação do Andradina, que fecha o G-4.

No retrospecto, a vantagem é do Tupã FC, que venceu nove partidas, empatou uma e sofreu quatro derrotas para o Falcão do Vale. O Índio marcou 34 gols, contra 17 do Assisense.

Os rivais não se enfrentam há dois anos. No último encontro, com gol de Adriel, aos 9 minutos do primeiro tempo, o Tupã venceu o Assisense por 1 a 0, no Estádio Alonso Carvalho Braga, o Alonsão, na cidade de Tupã, pela 10ª rodada da primeira fase da Quarta Divisão de 2016.







Fonte: Luiz Carlos Éden - Sorocaba

Flamengo de Guarulhos tenta manter invencibilidade na Quarta Divisão diante do União Mogi

O Flamengo de Guarulhos enfrenta o União Mogi neste domingo, dia 29 de abril, às 10 horas, no Estádio Nogueirão, em Mogi das Cruzes, em jogo válido pela quarta rodada da primeira fase do Campeonato Paulista da Série B, a quarta divisão do estadual.

Empolgado com o bom desempenho neste início de competição, o Rubro-negro guarulhense, do técnico Marcelo Marelli, entrara em campo buscando sua quarta vitória consecutiva para manter o aproveitamento de 100% na temporada. 

O Corvo terá pela frente adversário desesperado, que vem de três derrotas consecutivas e também busca a vitória para começar a reagir no estadual.

Invicto, o Flamengo é o líder do Grupo 4, com nove pontos, seis a mais que o Joseense, primeiro fora do G-4. Já o Alvirrubro mogiano é o vice-lanterna da chave, sem nenhum ponto, empatado com o lanterna Atlético Mogi, mas leva vantagem no saldo de gols, -6 contra -10.

Na rodada passada, o Rubro-negro goleou o Joseense, em casa, pelo placar de 4 a 1, enquanto a Serpente do Tietê foi goleada, fora de casa, pelo Paulista, de Jundiaí por 4 a 0.

O retrospecto dos confrontos entre as duas equipes mostra equilíbrio. Em 10 jogos, foram cinco vitórias flamenguistas, um empate e quatro triunfos dos unionistas.

Os rivais não se enfrentam há dez anos. No último encontro, a Serpente do Tietê venceu o Rubro-Negro por 3 a 2 em pleno Estádio Antônio Soares de Oliveira, o Ninho do Corvo, em Guarulhos, pela 18ª rodada da Terceira Divisão (Série A-3) do Campeonato Paulista de 2008, ano que o clube guarulhense, como campeão, conquistou acesso à Segunda Divisão (Série A-2).






Fonte: Luiz Carlos Éden - Sorocaba (SP)

Tiago Real encara Londrina e comemora retorno ao time titular da Ponte Preta


A Ponte Preta conquistou grande resultado na última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Depois de estrear em casa, perdendo para o Paysandu por 1 a 0, a Macaca superou o Criciúma por 1 a 0, em seu campo. Uma das novidades da equipe no duelo em solo catarinense foi o meio-campo Tiago Real, totalmente recuperado de lesão.

Tendo a oportunidade de novamente iniciar a partida entre os titulares, Tiago Real valorizou bastante o resultado contra o Criciúma e o seu retorno ao time da Macaca.

``Fiquei muito feliz de retornar ao time titular da Ponte, ainda mais vencendo partida de extrema importância e dificuldade. Precisávamos recuperar os pontos que perdemos na primeira rodada contra o Paysandu. O time se portou bem diante do Criciúma, não sofremos gol e voltamos para casa com três pontos fundamentais para sequência da competição´´, afirmou o meio-campo, que ao longo da sua trajetória profissional já marcou nove gols em partidas da Série B.


Embalada pelo sucesso diante do Tigre, a Ponte Preta volta a campo neste sábado (26/4), às 19 horas, no estádio estádio Moisés Lucarelli contra o Londrina. Nascido no estado do Paraná e com passagens pelo Coritiba, Tiago Real conhece bem o próximo rival e faz questão de enaltecer o Tubarão.

``Sei da força que o Londrina tem. É equipe sempre muito competitiva e nessa temporada montou elenco bastante qualificado. Na minha opinião, eles são um dos candidatos ao acesso. Por isso, temos que respeitá-los, porém, jogando em casa, precisamos impor o nosso ritmo e buscar a vitória nessa partida, que considero de seis pontos´´, concluiu.






Fonte: AV

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Depois de brilhar na Ferroviária, Tadeu vira paredão no Oeste


O goleiro Tadeu foi o grande destaque da Ferroviária, de Araraquara, nas temporadas de 2017 e 2018, quando jogou muita bola no Campeonato Paulista. Mas, assim que terminou a competição atual, ele mudou de ares. E acertou sua transferência para o Oeste, de Barueri, para disputar a Série B do Brasileiro.

Tadeu chegou ao Oeste, trabalhou firme e rapidamente virou titular da equipe de Barueri. E já vem chamando a atenção após brilhas nas duas primeiras rodadas. 
Com defesas importantes, ele ajudou o Rubrão na vitória por 2 a 0 em cima do CRB, na estreia da Série B, e repetiu a dose no empate com o Juventude por 1 a 1, fora de casa. 

Apesar do pouco tempo de casa, Tadeu afirma estar bem adaptado ao novo clube. 

``O grupo me recebeu muito bem, já estou adaptado. Todos me tratam com muito respeito, sendo comissão, diretoria e jogadores. Tenho certeza que seremos bem unidos aqui´´, analisou o goleiro. 

Tadeu reforça o Oeste, que vai encarar o CSA, em Alagoas. Para o goleiro, páreo duro para o Rubrão. 

``Temos jogo muito difícil, mas vamos atrás de pontuar fora de casa. Já conseguimos um ponto importante no Sul, pelas circunstâncias, e sabemos que podemos ir bem contra o CSA. Vamos trabalhar para isso´´, prometeu.

O goleiro também garante que o elenco rubro negro sabe de sua capacidade para brigar entre os primeiros, mas afirma ter os pés no chão durante a competição. 

``O principal objetivo é o acesso. Mas estamos muito centrados e com os pés no chão. Vamos passo a passo. Queremos chegar na reta final entre os quatro primeiros, mas temos que realizar bem nosso trabalho e ir jogo a jogo, pontuando, para pensar nisso lá na frente´´, concluiu o titular da camisa 1 do Oeste. 

CSA e Oeste se encaram sexta-feira (27/4), às 20h30, no estádio Rei Pelé, em Maceió. O jogo é válido pela terceira rodada da Série B.








Fonte: assessoria de imprensa do Oeste
Foto: Jefferson Vieira - Oeste

Botafogo contrata o atacante Pimentinha


O Botafogo, comandado pelo técnico Léo Condé, divide com o rival paulista Bragantino a liderança do Grupo B, na Série C do Campeonato Brasileiro, após duas rodadas. Nem por isso o Tricolor de Ribeirão Preto está satisfeito com o potencial do elenco. Muito pelo contrário! O popular Pantera foi às compras e anunciou mais um reforço.

Nesta quarta-feira (25/4), a diretoria do Botafogo, a pedido do treinador, contratou o rápido atacante Pimentinha, que desde o início do ano havia trocado o Sampaio Corrêa-MA pelo Luverdense-MT.

Pimentinha tem facilidade para jogar pelos lados do campos, por ser driblador e velocista. E foi pedido por Lé Condé, que trabalhou com ele no Sampaio Corrêa, onde também era goleador.
Aos 30 anos, Pimentinha, além de Léo Condé, trabalhou com o zagueiro Plínio e o atacante Jheimy no Sampaio Corrêa. E agora voltará a repetir a dose no Botafogo.

O novo atacante do Botafogo já havia atuado no Moto Clube-MA, 
Remo-PA, Criciúma-SC e São Caetano. Porém, onde foi ídolo, goleador e ganhou título foi no Sampaio Corrêa.

Pela Quarta Divisão, Sãocarlense e Francana voltam a se enfrentar após 17 anos

Grêmio Sãocarlense e Francana se enfrentam neste domingo, 29 de abril, às 10 horas, no Estádio Municipal Professor Luís Augusto de Oliveira, o Luisão, na cidade de São Carlos, em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Paulista da Série B, a quarta divisão do estadual.

O duelo será o 21º confronto entre o Lobo da Central e a Feiticeira, desde 1976. O retrospecto favorece a equipe alviverde de Franca. Em 20 jogos, foram nove vitórias para a Veterana, seis empates e cinco triunfos do Sãocarlense.

As duas equipes não se enfrentam há 17 anos. No último encontro, a Francana venceu o Lobo da Central por 2 a 1, no Estádio Lancha Filho, o Lanchão, em Franca, em jogo válido pela 21ª rodada da Segunda Divisão (Série A-2) do Campeonato Paulista de 2001.

A Francana é a quarta colocada do Grupo 3, com quatro pontos, a cinco pontos da líder Itapirense. Já o Lobo da Central, que ainda não venceu, aparece na penúltima posição da chave, com apenas um ponto ganho, mesma pontuação do lanterna Independente de Limeira.

Na rodada passada, a Veterana empatou, em casa, com o XV de Jaú por 1 a 1, enquanto o Grêmio Sãocarlense perdeu, fora de casa, para a Itapirense por 3 a 1.





Fonte: Luiz Carlos Éden - Sorocaba (SP)

Pela Quarta Divisão, XV de Jaú e Independente jogam para desempatar retrospecto

Em duelo entre “Galos”, XV de Jaú e Independente se enfrentam neste domingo, 29 de abril, às 10 horas, no Estádio Zezinho Magalhães, o Jauzão, na cidade de Jaú, em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Paulista da Série B, a quarta divisão do estadual.

Este será 15º confronto entre o Galo da Comarca e o Galo de Limeira, desde 1976. O retrospecto é equilibrado. Em 14 jogos, foram seis vitórias para o XV, dois empates e seis triunfos do Alvinegro limeirense.

As duas equipes não se enfrentam há seis anos. No último encontro, com gols de Fábio Leite, Generozo e Julinho, o Independente venceu o Galo da Comarca por 3 a 0, no Estádio Comendador Agostinho Prada, o Pradão, em Limeira, pela 18ª rodada da Terceira Divisão (Série A-3) do Campeonato Paulista de 2012, ano que o Auriverde jauense foi rebaixado à Quarta Divisão.

O XV de Jaú é o terceiro colocado do Grupo 3, com quatro pontos, mesma pontuação do Brasilis FC, de Águas de Lindóia, que fecha o G-4. Já o Galo de Limeira, que ainda não venceu, segura a lanterna da chave, com apenas um ponto ganho.

Na rodada passada, a Galo da Comarca empatou, fora de casa, com a Francana por 1 a 1, enquanto o Independente empatou, em casa, com o Comercial de Ribeirão Preto por 0 a 0.






Fonte: Luiz Carlos Éden - Sorocaba (SP)

Vocem busca vitória inédita no Prudentão contra o Grêmio Prudente pela Quarta Divisão

O Vocem, de Assis, enfrenta o Grêmio Prudente neste sábado, 28 de abril, às 16 horas, no Estádio Paulo Constantino, o Prudentão, em Presidente Prudente, pela quarta rodada do Campeonato Paulista da Série B, a quarta divisão do estadual.

Na história deste dérbi da região Centro-Oeste Paulista, o time prudentino leva vantagem sobre a equipe de Assis. Os dois clubes se enfrentaram oito vezes, com quatro vitórias do Touro, dois empates e dois triunfos do Vocem. O Grêmio assinalou 10 gols, contra quatro do time mariano.

Além do retrospecto desfavorável, o Esquadrão da Fé jamais venceu os gremistas na condição de visitante. Em quatro duelos realizados contra o Touro em Presidente Prudente, no Prudentão, o Vocem sofreu duas derrotas e conquistou dois empates.

O Esquadrão da Fé é o terceiro colocado do Grupo 1, com quatro pontos, a três pontos do Osvaldo Cruz e da Santacruzense, respectivamente, líder e vice-líder, com sete pontos cada. Já o Grêmio Prudente, que vem de três derrotas seguidas, segura a lanterna da chave, sem ponto algum.
Na rodada passada, o Vocem empatou, em casa, com o Osvaldo Cruz FC por 1 a 1, enquanto o Touro perdeu mais uma, desta vez, fora de casa, para o Tupã FC por 2 a 0.





Fonte: Luiz Carlos Éden - Sorocaba (SP)

Pela ponta da Série B do Brasileiro, Figueirense encara o Boa Esporte no Orlando Scarpelli

Tentando manter os 100% de aproveitamento na Série B do Campeonato Brasileiro, o Figueirense recebe o desesperado Boa Esporte nesta sexta-feira (27/4), às 19h15, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC, jogo válido pela terceira rodada.

O invicto Figueira aparece na segunda colocação da tabela, com seis pontos (dois jogos e duas vitórias), a três pontos do líder Fortaleza, que já jogou na rodada e venceu o CRB, em casa por 3 a 1. Se vencer o Boa por três gols de diferença, o Alvinegro pode assumir a ponta da Série B, desde que Paysandu e Vila Nova tropecem.

Do outro lado, o Boveta entra em campo em busca da reabilitação na competição. O time mineiro, que ainda não pontuou e não marcou gols (duas derrotas em dois jogos), está na 19ª e penúltima posição. O Avaí abre a zona de rebaixamento, com um ponto ganho.

Na rodada passada, o Figueirense venceu, fora de casa, o Goiás por 2 a 0, enquanto o Boa Esporte foi derrotado, em casa, pelo Fortaleza por 2 a 0.

Este será apenas o quinto confronto ente Figueirense e Boa Esporte. Até aqui foram duas vitórias do time catarinense, um empate e um triunfo do Tricolor de Varginha.

No último encontro empataram por 1 a 1, no Estádio do Melão, em Varginha-MG, pela 23ª rodada da Série B do ano passado. O zagueiro Marquinhos marcou para o Figueira, aos 26 minutos do primeiro. E, no segundo tempo, o próprio zagueiro Marquinhos marcou contra e deixou tudo igual, aos 23 minutos.






Fonte: Luiz Carlos Éden - Sorocaba (SP)

Pela Quarta Divisão, Joseense e São José se enfrentam pela terceira vez na história

O jovem Clube Atlético Joseense (19 anos) e o tradicional São José Esporte Clube (84 anos) jogam neste domingo, 29 de abril, às 10 horas, no Estádio Martins Pereira, em São José dos Campos, pela quarta rodada do Campeonato Paulista da Série B, a quarta divisão do estadual.

Mandante do confronto, o Tigre do Vale foi derrotado na rodada passada pelo Flamengo de Guarulhos, fora de casa, por 4 a 1, enquanto o São José empatou, em casa, com o Amparo por 1 a 1.

A invicta Águia do Vale aparece na segunda posição do Grupo 4, com sete pontos (duas vitórias e um empate), dois pontos atrás do líder Flamengo de Guarulhos. Já o Joseense é o quinto colocado da chave, com três pontos (uma vitória e duas derrotas seguidas), três pontos a menos que a AD Guarulhos, que fecha o G4.

Este será apenas o terceiro dérbi joseense na história. Tigre e Águia se enfrentaram pela primeira vez em 2015, na oportunidade empataram por 1 a 1, no Martins Pereira, em jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Paulista da Terceira Divisão (Série A-3). Os gols aconteceram no segundo tempo. Robson Silva marcou para o Joseense, aos três minutos, e Cláudio Bala fez para o São José, aos 32 minutos.

O segundo dérbi foi pela oitava rodada da Terceira Divisão (Série A-3) do Campeonato Paulista de 2016. Com gols de Hiago e Rayne, o Tigre venceu por 2 a 1, no Martins Pereira. Douglas Santos fez o gol da Águia.





Fonte: Luiz Carlos Éden - Sorocaba (SP)