domingo, 3 de dezembro de 2017

Busto de Carlos Alberto Silva é inaugurado no Brinco de Ouro


Lenda. Talvez seja a definição que mais se aproxima quando o assunto é Carlos Alberto Silva. O comandante que levou o Guarani Futebol Clube à sua maior glória – Campeão Brasileiro de Futebol em 1978 -, foi eternizado nesta manhã no Brinco de Ouro da Princesa. O treinador, que faleceu  dia 20 de janeiro, aos 77 anos, recebeu um busto de bronze em sua homenagem.

O evento de inauguração, que aconteceu na manhã deste domingo (3/12), contou com a presença da esposa Elda Silva, do filho Carlos Alberto Silva Júnior, dos membros do Conselho de Administração do Guarani e de ex-atletas liderados por Amoroso, Djalminha, João Paulo, Luizão, Neto, Zenon, Valdeir, Bozó, Marco Antônio Boiadeiro, entre outros.

A cerimônia foi conduzida de forma brilhante pelo jornalista Odair Alonso. Emocionada, a esposa Elda, agradeceu a homenagem.

``Eu quero agradecer em nome de toda minha família esta homenagem prestada ao Carlos. Eu sei que hoje ele está muito feliz porque ele amava o Guarani. Ele sempre falava que o Guarani tinha lugar especial. Aos jogadores, que se tornaram amigos, a torcida e a todas as pessoas que queriam bem a ele, eu só posso agradecer. Ele será eternizado aqui porque em nossos corações ele já está´´, disse, entre lágrimas.


O presidente do Guarani, Palmeron Mendes Filho, agradeceu o empenho de todos para tornar o busto realidade e relembrou a importância do comandante.

``Todos nós devemos essa estrela que carregamos a ele. Devemos toda nossa vida e admiração a ele. Essa festa não é da diretoria apenas para homenagear um homem. É homenagem para aquele que mais honrou a camisa do Guarani Futebol Clube. Nós temos orgulho em falar que somos o único time no mundo que seu maior astro é um treinador. Seria muito difícil eleger o maior jogador da história do Guarani. Mas é muito fácil escolher o nosso maior ídolo e ele será eternizado hoje´´, disse.


``Nosso agradecimento a toda equipe do memorial, liderada pelo Renato Squarizzi. Sabemos da luta e do empenho de toda a família bugrina. Mais uma vez a torcida do Guarani mostra que é diferenciada. A ideia não veio da diretoria, não veio de órgão de imprensa e isso demonstra a vitória da torcida do Guarani Futebol Clube´´, completou.

O ex-meio-campista Zenon também prestou sua homenagem em nome dos atletas comandados por Carlos Alberto.

``Momento inesquecível na história do Guarani e nós aqui hoje reunidos queremos prestar todas as homenagens ao mestre Carlos Alberto Silva. Com trabalho sério da diretoria, daqueles que pegam o clube para dirigir, conciliando interesses do clube e não interesses próprios, retornaremos ao nosso lugar´´, ressaltou.


Por fim, Amoroso completou o discurso em homenagem ao mestre.

``O que eu posso dizer é sobre minha gratidão a este clube e por ser amigo da família. Eu me lembro que no aniversário de 70 anos (do Carlos Alberto Silva), eu e Luizão fomos até Belo Horizonte e tinha uma frase que ele dizia que era muito feliz em ter revelado Amoroso e Luizão. Isso me deixa engrandecido por esse mestre que nos deu esse título tão importante para a história do nosso clube. Queria agradecer também ao pessoal do memorial, temos muita história. Fico feliz de estar participando aqui e agradeço de coração´´, finalizou.


Carreira

Nascido em Belo Horizonte, Carlos Alberto Silva se formou em Educação Física, pela Universidade Federal de Minas Gerais, e ficou conhecido no cenário nacional do futebol quando conquistou em 1978 o título do Campeonato Brasileiro da Série A com o Guarani, vencendo o Palmeiras na final. Recém chegado da Caldense, no segundo semestre de 1977, o treinador conduziu o Bugre no ano seguinte à sua maior glória alcançada até hoje.

Em seguida, foi contratado pelo São Paulo e conquistou dois títulos em duas passagens. A primeira foi entre 1980 e 1981 e ele foi campeão paulista no primeiro ano. A segunda vez que foi para o Morumbi foi entre 1989 e 1990 e novamente conseguiu levar para a sala de troféus tricolor um campeonato estadual.

Carlos Alberto passou ainda pelo Atlético-MG, onde conquistou o campeonato mineiro, pelo Santa Cruz, onde foi campeão pernambucano, Cruzeiro, Corinthians, Palmeiras, Goiás, América-MG e Santos. Ele é um dos poucos técnicos a comandar os quatro grandes paulistas. Além disso, foi ótimo treinador no exterior.

Em 1992 e 1993, foi bicampeão português com o Porto. Antes, em 1991, conquistou o campeonato japonês com o Yomiuri Kawasaki. Fora isso, Carlos Alberto Silva comandou a Seleção Brasileira entre 1987 e 1988. Foi campeão dos Jogos Pan-Americanos de 1987 e conquistou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Seul, um ano depois, quando o Brasil perdeu para a União Soviética por 2 a 1 na prorrogação.







Fonte e foto: assessoria de imprensa do Guarani

Contratado pelo Santo André, volante Adriano está motivado com retorno ao futebol paulista

Anunciado como reforço do Santo André para a temporada 2018, Adriano não esconde a alegria por voltar a disputar o Campeonato Paulista. O volante, que passou todo o ano vestindo a camisa do CRB, já participou da competição em defesa do Santos (conquistando os títulos em 2007, 2011 e 2012), São Caetano e Novorizontino.

``Assim que acabou o Brasileiro da Série B, a diretoria do Santo André me procurou e fiquei muito feliz com o acerto. Além de voltar a disputar o campeonato estadual mais importante do País, ainda poderei ficar perto da minha família, que mora em São Vicente, minha cidade natal´´, comemorou o volante.

MELHOR VOLANTE DO ALAGOANO

Adriano, aliás, começou sua trajetória no São Vicente AC, transferindo-se em seguida para o Santos, pelo qual conquistou ainda a Libertadores de 2011 e a Recopa Sul-Americana no ano seguinte. O meio-campista também atuou pelo São Caetano, Grêmio, Vitória, Avaí, Novorizontino e Goiás.

No início de 2017, foi contratado pelo CRB. No primeiro semestre, disputou a Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Campeonato Alagoano, no qual sagrou-se campeão e foi eleito o melhore volante. No restante da temporada, disputou a Série B pelo clube de Maceió.






Fonte: Tática Assessoria

Para seguir na elite do Brasileiro, Coritiba desafia tabu contra Chapecoense

O Coritiba enfrenta a Chapecoense neste domingo (3/12), às 17 horas, na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro. Na rodada passada, o Coxa perdeu, em casa, para o São Paulo por 2 a 1, enquanto a equipe catarinense venceu, fora de casa, o Bahia por 1 a 0.

Com duas derrotas seguidas, o time paranaense é o 16º colocado, com 43 pontos, um a mais do que o Sport, que abre a zona de rebaixamento. 

Já a Chape, que não perde há nove jogos (cinco vitórias e quatro empates), esta na nona posição, com 51 pontos, um atrás do Botafogo, que fecha a zona de classificação à Pré-Libertadores.

Dependendo apenas de si para seguir na elite em 2018, o Coritiba desafia tabu em Chapecó. O Coxa nunca venceu a Chapecoense como visitante. Foram três jogos na Arena Condá, com duas vitórias da Chape e um empate.

Rivais desde 1978, Coritiba e Chapecoense se enfrentaram oficialmente nove vezes, com quatro vitórias para os paranaenses, três para os catarinenses e um empate. O Coxa marcou 12 gols, contra oito da Chape.

No primeiro turno da competição atual, com gols de Alecsandro e Rildo, o Coxa venceu a Chape por 2 a 0, no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR), pela 19ª rodada.




Fonte: Luiz Carlos Éden  - Sorocaba (SP)

sábado, 2 de dezembro de 2017

Mirassol apresenta os cinco primeiros reforços para o Paulistão 2018


O Mirassol Futebol Clube apresentou os cinco primeiros reforços para o Paulistão 2018. São eles: o zagueiro Edimar, 29 anos, e o volante Wellington Reis, 25, que conquistaram o acesso para a Série B do Brasileiro com o Fortaleza neste ano; o lateral esquerdo Willian Simões, que defendeu o Leão no Paulistão de 2012 e neste segundo semestre estava no Cuiabá-MT; o volante e lateral direito Léo Baiano, 25, do Boa Esporte-MG; e o zagueiro Wellington, 26, que marcou dois gols no Paulistão deste ano com a camisa do Leão.

Os cinco reforços foram apresentados pelo presidente Edson Antonio Ermenegildo na sala de imprensa do estádio José Maria de Campos Maia.


``Chegamos com muita disposição para fazer ótima campanha no Mirassol´´, disse Edimar, que é natural de São João da Boa Vista-SP.

``Viemos de campanha vitoriosa no Fortaleza e esperamos manter o mesmo ritmo para levar o Leão o mais longe possível no Paulista´´, emendou o volante Wellington Reis, que é de Barra Bonita-SP.


Para Willlian Simões retornar ao Mirassol foi a realização de um sonho.

``Participei da campanha do Paulistão de 2012, quando chegamos até a semifinal do Interior e garantimos a equipe no Brasileiro da Série D. Depois fui para o Criciúma, mas deixei muitos amigos por aqui. Estou muito feliz com meu retorno´´, afirmou o lateral.


O volante Léo Baiano, que estava no Boa Esporte, trás no currículo o título de campeão Brasileiro da Série C de 2016 com a equipe mineira.

``Sou versátil, pois além de jogar como volante também atuo na lateral direita´´, contou.


Para o zagueiro Wellington, o Mirassol vai brigar para se classificar para as quartas de final do Paulista.

``Sabemos que o Paulistão é muito difícil, mas nós atletas devemos ter o espírito de buscar sempre o melhor e certamente vamos lutar muito pela classificação´´, prometeu.


Além dos cinco reforços, quatro atletas remanescentes da Copa Paulista, e que não tem mais idade para a disputa da Copa São Paulo, já estão treinando no Maião com a comissão técnica do profissional. São os casos dos volantes Luís Oyama e Maldonado, e dos armadores Jardisson e Matheus Gabriel.

Ficha técnica dos novos reforços:

Nome: Wellington Rodrigues dos Reis
Apelido: Wellington Reis
Posição: volante
Data de nascimento: 15/12/91 (25 anos)
Naturalidade: Barra Bonita-SP
Altura: 1,77m
Peso: 77kg
Último clube: Fortaleza-CE (acesso ao Brasileiro da Série de 2018)

Nome: Edimar de Oliveira Martins
Apelido: Edimar
Posição: zagueiro
Data de nascimento: 30/08/88 (29 anos)
Naturalidade: São João da Boa Vista-SP
Altura: 1,89m
Peso: 82kg
Último clube: Fortaleza-CE (acesso ao Brasileiro da Série de 2018)

Nome: Willian Simões
Apelido: Willian Simões
Posição: lateral esquerdo
Data de nascimento: 06/03/88 (29 anos)
Naturalidade: Cachoeiro Itapemirim-ES
Altura: 1,69m
Peso: 72kg
Último clube: Cuiabá-MT

Nome: Leonardo Lima dos Santos
Apelido: Léo Baiano
Posição: volante e lateral direito
Data de nascimento: 10/02/92 (25 anos)
Naturalidade: Licínio de Almeida-BA
Altura: 1,79m
Peso: 78kg
Último clube: Boa Esporte-MG

Nome: Wellington da Silva Pinto
Apelido: Wellington 
Posição: zagueiro
Data de nascimento: 30/09/91 (26 anos)
Naturalidade: Bauru-SP
Altura: 1,89m
Peso: 82kg
Último clube: Mirassol-SP 





Fonte e foto: assessoria de imprensa do Mirassol

Zagueiro experiente no interior de São Paulo reforça o São Carlos


Na manhã deste sábado (2/12) a diretoria do São Carlos Futebol Clube apresentou o zagueiro Rufino com novo reforço da equipe para o Campeonato Paulista da Série A-3 (Terceira Divisão) de 2018.

Com 28 anos, o novo zagueiro da Águia da Central tem em seu currículo passagens por vários clubes do estado de São Paulo, como Jabaquara, Santacruzense, Batatais, Votuporanguense, Inter de Limeira e Rio Branco, de Americana. Conquistou em 2012 o título da Quarta Divisão pelo Votuporanguense, além de ter acessos para a Série A-3 com a Santacruzense e Barretos e para Série A-2 (Segunda Divisão) com a Santacruzense.

Segundo Rufino, as expectativas para a Série A-3 são as melhores possíveis pelo elenco que vem sendo montado pelo técnico Édson Vieira.

``Minhas expectativas são as melhores. A equipe está bem formada pelo técnico Édson Vieira com jogadores que conhecem a divisão. Estamos plantando na pré-temporada para quando chegar no campeonato colher bons frutos e termos time competitivo para buscar esse acesso e o título´´, concluiu.


O São Carlos tem estreia marcada na Série A-3 para o dia 17 de janeiro, contra o Monte Azul, às 19h30, no estádio municipal professor Luis Augusto de Oliveira (Luisão), na cidade de São Carlos.





Fonte: assessoria de imprensa do São Carlos


sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

São Caetano retorna aos treinamentos com novidades

Após período de férias, o elenco do São Caetano retornou aos trabalhos nesta sexta-feira (1/12) visando a participação no Campeonato Paulista em 2018. A estreia do Azulão no estadual será no dia 17 de janeiro, fora de casa, contra o Ituano. 

Responsável por comandar o elenco que regressa à elite na próxima temporada, o técnico Luiz Carlos Martins analisa o começo de preparação para a disputa.

``É bom iniciar o trabalho já pensando na competição, pois a primeira divisão é ótima para todos. Alguns jogadores se reapresentaram, outros tiveram os seus contratos renovados e mais alguns serão contratados. Devido ao calendário, não tem como todo mundo chegar ao mesmo tempo no clube. Esse começo de trabalho será igual para todos os times, mas mantemos base e trabalharemos direto a partir de agora, pensando em campeonato de tiro curto´´, avaliou o treinador.

Renovações

Os laterais Bruno Recife e Lucas Pavone, além do volante Paulinho Santos, renovaram os seus respectivos vínculos com o Azulão para a disputa da Série A-1.

Saídas

Em contrapartida, tiveram os seus contratos encerrados com o São Caetano os atletas Thiago Passos (goleiro), Ygor (goleiro), Angelo (lateral-direito), Arthur (lateral-direito), Thiago Pereira (lateral-esquerdo), Júnior Alves (zagueiro), Eduardo Luiz (zagueiro), Coppetti (volante), Norton (meia), Deyvid Sacconi (meia), Daniel Costa (meia), Léo Jaime (atacante), Elias (atacante) e Daniel Bueno (atacante). Já o zagueiro William Mineiro foi emprestado ao Tubarão(SC).

Retorno

Após empréstimo para o EC São Bernardo, o prata da casa Felipinho também se junta ao profissional do Pequeno Gigante. Pelo Cachorrão, o atacante foi fundamental no acesso à Série A-3 (Terceira Divisão) deste ano, e terminou a Quarta Divisão do Campeonato Paulista como artilheiro, com 14 gols marcados.  

Paulistão

Para a Série A-1 em 2018, cada equipe poderá inscrever duas listas de jogadores: uma de até 26 atletas (sendo três goleiros), e outra ilimitada, porém, apenas com jogadores das categorias de base.




Fonte: assessoria de imprensa do São Caetano

Santo André contrata jogadores que brilharam no São Paulo e Santos

O técnico Sérgio Soares quer fechar o elenco do Santo André para o Campeonato Paulista de 2018 o mais rápido possível. E vem ganhando reforços a cada dia. Dos três últimos que chegaram, dois brilharam com as camisas de São Paulo e Santos, respectivamente. E outro mostrou serviço nos rivais paulistas Matonense, de Matão; e Noroeste, de Bauru.

Chegaram nesta semana ao popular Ramalhão o experiente volante Adriano (30 anos), com ótimas passagens pelo Santos, e os novatos jovens Foguete (lateral-direito e facilidade ára jogar no meio e ataque, emprestado pelo São Paulo) e João Lucas (meio-campista).

Formado nas divisões de base do Santos e campeão da Libertadores pelo clube praiano em 2011, o volante Adriano ainda acumula passagens por Grêmio, Vitória, Avaí e Goiás. Nesta temporada, Adriano ajudou o CRB a permanecer na Série B do Brasileiro.

Wellington Cabral Costa, ou simplesmente Foguete, tem 21 anos, é lateral-direito de ofício, mas também conhecido pela sua polivalência dentro de campo, pois também pode atuar no meio de campo e ataque. Com passagens pela base do Vasco e São Paulo, onde ganhou Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro, Copa Ouro, Copa Rio Grande do Sul e, principalmente, a Libertadores, o atleta foi cedido por empréstimo pelo tricolor paulista até o final do Paulistão de 2018. Neste ano, ele jogou pelo Vila Nova-GO na Série B.

Apenas dois anos mais velho que Foguete, João Lucas passou pelas categorias de base do América-MG, Grêmio e Chapecoense, antes de se destacar por Matonense e Noroeste nesta temporada. Canhoto, o meia se destaca por ter muita habilidade no passe e chute potente de fora da área.

``Os três são excelentes jogadores. Acreditamos que eles irão contribuir muito na campanha do Santo André no Paulistão de 2018. O Adriano é rodado no mundo do futebol, pode acrescentar com toda a sua bagagem. O Foguete é novo, mas passou por importantes camisas do futebol brasileiro. O João Lucas é novo também, mas tem muita qualidade com a bola nos pés. Tenho certeza que farão ótima competição ano que vem´´, comentou Sidney Riquetto, presidente do Santo André.

Ao lado de São Paulo, Ponte Preta e São Caetano, o Santo André estreia no Paulistão 2018 diante do Palmeiras, no Allianz Parque, dia 17 de janeiro.





Fonte: assessoria de imprensa do Santo André

Ituano apresenta o quarto reforço para temporada 2018


O Ituano, que será comandado pelo novato técnico Vinícius Bergantin, apresentou o quarto reforço para o Paulista 2018. Depois dos volantes Correa e Serrato, e do lateral Igor Vinícius, foi apresentado Ivan, outro lateral direito.

``A disputa é importante para o Ituano ter elenco com qualidade. Chego ao clube bastante motivado. É clube tradicional do futebol paulista´´, disse o lateral.

Ivan nasceu em Jaú há 25 anos (25/8/92). Ele começou na base da Portuguesa. Se profissionalizou em 2011 e jogou três partidas na equipe que conquistou o título da Série B do Brasileiro daquele ano. Junto com o Correa, ele foi campeão da Série A-2. Em 2014, ele jogou no Coritiba. No ano passado atuou no Bragantino e neste ano defendeu o Água Santa, de Diadema, que chegou nas semifinais da Série A-2 (Segunda Divisão).

``Fiz vários jogos pela esquerda e até como segundo volante já joguei. Mas sou lateral direito de origem. Tenho característica de ataque. Hoje em dia você tem que procurar ser o mais completo. Estou sempre procurando evoluir mais´´, contou Ivan, que no sábado vai poder mostrar seu futebol junto com os novos companheiros.

O Ituano fará o primeiro jogo treino neste sábado (2/12), às 10 horas, contra o União Barbarense, no estádio Novelli Júnior, em Itu,  com portões abertos.

``Temos que mostrar não só nos amistosos, mas também no dia a dia que temos que estar cumprindo aquilo que o Vinicius pede. Assim ele vai definir o melhor Ituano possível´´, afirmou Ivan.

O Ituano já tem cinco jogos treino agendados para o mês de dezembro. Sempre aos sábados pela manhã.


Outros reforços estão chegando ao elenco do Ituano e realizando exames médicos e testes físicos. No início da próxima semana deve assinar contrato e serão anunciados. Enquanto isso outros atletas começam a voltar de empréstimo. Um deles é o zagueiro Alison, que retornou de experiência amarga no Santa Cruz.

``Estou voltando depois do fracasso na Série B (o Santa foi rebaixado), mas muito feliz em retornar ao Ituano. Fui bem recibo no clube. Tem boa estrutura e condições de trabalho para disputar competição de alto nível. Todos os jogadores brasileiros querem jogar o Campeonato Paulista. Ainda mais no Ituano, que é bicampeão e tem tradição. Espero fazer boa competição junto com os meus companheiros em 2018´´, ressaltou.

Este será o primeiro Paulista que Alison vai disputar. Potiguar de Paranamirim, ele jogou em alguns grandes do Nordeste, como ABC, Treze, Bahia, Vitória, Náutico e Santa Cruz. No Ituano, o zagueiro jogou cinco partidas na Série D deste ano.

``Na vida você tem que saber lidar com sucesso e fracasso. A sabedoria vem depois do fracasso. Assim a gente aprende a evoluir na profissão e como pessoa. Espero que esta nova equipe que está se formando tenha espírito vencedor e possa batalhar e conseguir os bons resultados e seus objetivos´´, comentou Alison, que foi campeão mineiro pelo América-MG em 2016.

Outro atleta que retornou é o meia atacante Marcelinho. Ele disputou a Série B pelo Vila Nova, de Goiânia. É mais um atleta campeão paulista de 2014 que estará no elenco de 2018. O goleiro Vágner, que tem contrato com o Palmeiras, também estará no elenco. Ele foi emprestado ao Ituano e deverá se apresentar no dia 11.

São quatro campeões no elenco. Os outros são o zagueiro Léo e o atacante Claudinho.







Fonte: assessoria de imprensa do Ituano

Rio Preto apresenta mais dois jogadores para disputa da Série A-3


O Rio Preto, que será comandado pelo técnico Rodrigo Fonseca, ex-Botafogo de Ribeirão Preto, apresentou mais dois reforços para a disputa do Campeonato Paulista Série A-3 (Terceira Divisão) na manhã desta sexta-feira (1/12): o zagueiro Caio César e o volante Jô.

O primeiro reforço já é bem conhecido pela torcida do popular Jacaré e teve passagem vitoriosa pelo clube da cidade de São José do Rio Preto.

O zagueiro Caio César volta animado o Jacaré para a disputa da Série A-3.

``
Eu estou muito feliz em poder voltar para clube onde fui muito feliz. E voltar a jogar pelo Rio Preto vai ser muito bom. Subimos para a Série A-2 (Segunda Divisão) na minha última passagem por aqui e vamos buscar esse acesso novamente´´, prometeu Caio César.

O outro reforço do Rio Preto é o volante Jô, de 28 anos, que chega ao clube vindo do Juventus. 






Fonte: assessoria de imprensa do Rio Preto

Goleiro César e lateral Veloso reforçam o São Carlos


Na última quinta-feira (30/11), o São Carlos Futebol Clube apresentou mais duas contratações para o Campeonato Paulista da Série A-3 (Terceira Divisão). O goleiro César, de 24 anos, e o lateral direito Veloso, 32 anos, reforçam o elenco da Águia da Central.

O novo goleiro são-carlense vem do União Luziense/MG. Foi revelado nas categorias de base do Atlético/MG e vestiu as camisas de Sertãozinho, Treze/PB, Tombense/MG, clube no qual conquistou o acesso na Série D do Campeonato Brasileiro.

``A minha expectativa é a melhor possível. Tenho certeza que nosso time vai brigar pelo acesso. O grupo que o técnico Édson Vieira vem montando é forte e unido´´, explicou.


Veloso tem passagens por várias equipes importantes do futebol brasileiro, entre eles Fluminense, Guarani, Red Bull Brasil, Rio Claro, São Bento, Caxias e Nacional-SP. Na apresentação, o experiente lateral falou sobre deixar legado com o acesso e o título.

``Defender o São Carlos na Série A-3 é uma honra e responsabilidade enorme. Não entramos em competição apenas para disputar, pois vivemos de títulos e conquistas. No futebol só há espaço para os vencedores e o técnico Édson Vieira, ao lado da diretoria, escolheu a dedo os jogadores. Viemos para deixar legado no clube e dar o máximo nos jogos para que juntos conquistarmos o acesso e o título, se Deus nos abençoar´´, concluiu.


A estreia da Águia da Central na Série A-3 está agendada para o dia 17 de janeiro, contra o Monte Azul, às 19h30, no estádio municipal professor Luis Augusto de Oliveira (Luisão).

JOGO TREINO CONTRA INTER DE LIMEIRA

 A diretoria do São Carlos confirmou mais um teste antes da disputa da Série A-3. A Águia da Central enfrentará a Inter no dia 10 de janeiro, às 10 horas, em Limeira. Anteriormente já havia confirmado três testes em dezembro: Dia 9: em Mineiros do Tietê, contra a equipe local. 15/12 contra o XV em Piracicaba e 22/12 contra o Rio Claro, também fora de casa.




Fonte: assessoria de imprensa do São Carlos

Flávio Carioca chega ao Taubaté com confiança em acesso e artilharia


Desde o dia 20 de novembro, o Taubaté já treina visando a disputa do Campeonato Paulista da Série A-2 (Segunda Divisão) de 2018. O planejamento do clube é estar entre as principais forças do estado no ano de 2019. Para isso, vem trabalhando na montagem de um elenco forte e já realizou algumas contratações.

Um dos reforços contratados pelo Taubaté e que já participa da pré-temporada é o atacante Flávio Carioca, que neste ano foi um dos artilheiros da Série A-2 pelo Velo Clube, anotando oito gols.

Com 28 anos, Flávio Carioca espera repetir o feito com a camisa do Burro.

``Espero que 2018 seja um ano ainda melhor do que foi 2017. Chego bastante motivado no Taubaté e espero repetir o feito de brigar pela artilharia da Série A-2. Meu foco é esse, pois sei que marcando gols irei ajudar o time a buscar o seu objetivo de subir para elite´´, disse o atacante, que já defendeu outros clubes fortes do estado como Guarani e Ituano.


Com 10 dias de trabalho no novo clube, Flávio Carioca é só elogios ao Taubaté, principalmente na estrutura da pré-temporada, que vem sendo realizada no clube da Volks.

``A preparação vem sendo intensa e me chamou atenção a boa estrutura que temos de trabalho. Acredito que esse suporte será um dos nossos diferenciais. Já foi possível ver que é um projeto sério e estou muito feliz com isso´´, valorizou o atacante.


A estreia do Taubaté na Série A-2 2018 será no próximo dia 17 de janeiro, contra o Água Santa, ex-clube de Flávio Carioca. Pela estrutura e pelo elenco que vem sendo formado, o atacante vislumbra o acesso com a nova equipe.

``Pelos primeiros treinamentos já deu para notar a qualidade do elenco. Além disso, os trabalhos do técnico Alberto Félix estão nos auxiliando muito a pegar entrosamento. O Taubaté está montando time extremamente profissional, com jogadores experientes em acessos e já existe sintonia muito bacana do elenco. Entraremos forte na competição, buscando uma vaga na Série A-1 e isso será bom para todos´´, finalizou.






Fonte: AV

Marília já tem elenco praticamente pronto para Série A-3 do Paulista


O elenco do Marília Atlético Clube (MAC) se apresentou na manhã da última quinta-feira (30/11), no Estádio Municipal Bento de Abreu Sampaio Vidal. A equipe, que será comandada pelo técnico Jorge Rauli, iniciou os preparativos para disputar a Série A 3 (Terceira Divisão) do Campeonato Paulista.

Os atletas fizeram leve atividade física no campo. Nesta sexta-feira (1/12) eles passarão por exames médicos para avaliação das suas condições físicas.

Estão programados para o sábado (2) e o domingo (3), a partir das 9h e 16h, treinos físicos e um regenerativo. O primeiro trabalho com bola será na segunda-feira (4), às 9 horas.

Confira o elenco do MAC para 2018:

GOLEIROS:
GILSON (Ex-Uberaba/MG) / RODRIGO (Ex-Presidente Prudente/SP) / EDUARDO (Remanescente) / IAN (Ex-Ranchariense)


ZAGUEIROS:
RAFAEL FEFO (Ex-Olímpia/SP) / JÚLIÃO (Remanescente) / MARCOS VINICIUS (Ex-XV de Piracicaba) / LUIZÃO (Ex-Vila Nova)


LATERAIS:
GUILHERME ROCHA (base) / ISRAEL (Ex-Taubaté/SP) / RAFAEL MINEIRO (Remanescente) / HUGO LEONARDO (Ex-Vocem/SP) 


MEIO-CAMPISTAS:
ALCEU (Ex-Montedio Yamagata/JAPÃO) / HEBERT (Ex-Vocem/SP) / JONATHAN (Ex-Itumbiara/GO) / JAÍLTON (Ex-Tiradentes/CE) / LUAN BATORÉ (base) / MIGUEL (Ex-Linense/SP) / MATHEUS CHOCOLATE (base) / PAULINHO (Ex-Vila Nova/GO) 


ATACANTES:
ADÍLSON (Ex-Portuguesa/SP) / THIAGO SANTOS (remanescente) / DU GAIA (remanescente) / LEE (base) / MATHEUS HENRIQUE (base)


TÉCNICO: Jorge Rauli
AUXILIAR TÉCNICO: Daniel Sabino
PREPARADOR FÍSICO: Carlos Ferraz
PREPARADOR DE GOLEIROS: Luiz Andrade
ANALISTA DE DESEMPENHO: Luiz Felipe Todeschini
FISIOTERAPEUTA: Leonardo Oliveira
MASSOTERAPEUTA: José Carlos
MORDOMO: Hélio Fernandes

JOGO TREINO 

Foi confirmado nesta semana um jogo treino, no próximo dia 16 de dezembro, em Mirassol, diante o Mirassol.





Fonte: assessoria de imprensa do Marília

Narciso promove jogo beneficente na próxima terça-feira na Vila Belmiro


Um dos jogos beneficentes mais tradicionais do País, o “Natal sem Fome”, terá sua 13ª edição na próxima terça-feira (5/12). A partida organizada pelo técnico Narciso desde 2005 será realizada às 21h30 no estádio da Vila Belmiro, em Santos.

O evento contará com representantes dos quatro grandes clubes do estado, como Renato (Santos), Guilherme Arana (Corinthians), Willian (Palmeiras) e Petros (São Paulo). Também são aguardados ex-atletas que atuaram pela Seleção, dentre os quais Léo, Giovanni, Denilson, Marcos Assunção e Flavio Conceição, entre outros.

``Além do pessoal da bola, vamos receber muitos nomes de destaque da música, como os MCs Livinho, Gui e Kevin, e o pessoal do pagode, como o Dilsinho, Mumuzinho, Kleverson, Pixote, Turma do Pagode e muitos outros´´, declarou Narciso, ex-zagueiro do Santos, Flamengo e Seleção Brasileira.

INGRESSO = UM QUILO DE ALIMENTO

Como sempre acontece, o ingresso para o “Natal sem Fome” é um quilo de alimento não perecível, exceto sal e açúcar. Tudo o que for doado pelo público e por empresas parceiras será encaminhado para entidades assistenciais da Baixada Santista.

A troca dos alimentos pelos ingressos poderá ser feita no dia do jogo, diretamente na Vila Belmiro. Ou antecipadamente, a partir de sábado (2) no estádio do Santos, no Jabaquara Atlético Clube (Avenida Francisco Ferreira, 351, Caneleira) ou na loja Roma Calçados (Rua João Ramalho, 815, Centro de São Vicente).





Fonte: Tática Assessoria

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Guarani contrata Fernando Diniz e eterniza Carlos Alberto Silva em busto no Brinco


O Guarani já iniciou o seu planejamento para a temporada de 2018. E não quer mais perder tempo após correr risco de rebaixamento na Série B do Campeonato Brasileiro. o técnico Lisca não chegou a acordo financeiro e está acertando com o Criciúma. O veterano Fumagalli, de 40 anos, renovou contratado e vai jogar a Série A2 (Segunda Divisão) do Campeonato Paulista, encerrando a carreira assim que acabar a competição.

E nesta quarta-feira (29/11), a diretoria definiu o nome do novo treinador. E o contratado, que assinou contrato de um ano, agradou a maioria dos torcedores. Trata-se de Fernando Diniz, cujos trabalhos mais significativos foram feitos no Osasco Audax.

Como maneira toda peculiar de escalar suas equipes e traças o esquema tático, Fernando Diniz deixou o Osasco Audax logo após o rebaixamento da equipe para a Série A2 do Campeonato Paulista em 2017. E não voltou mais a trabalhar na atual temporada.

Fernando Diniz chega com o objetivo de tentar duas façanhas sonhadas pela torcida para 2018. Correr atrás do título da Série A2 e, consequentemente, assegurar o acesso ao grupo de elite do futebol paulista. E, em seguida, brilhar na Série B e retornar para a Primeira Divisão também da competição nacional.


Carlos Alberto Silva será eternizado com busto no Brinco

Comandante da maior glória do Guarani Futebol Clube, Carlos Alberto Silva, será eternizado no próximo domingo (3/12), às 11 horas, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas. O técnico da equipe campeã brasileira de 1978 terá um busto em sua homenagem em frente ao portão principal do estádio.

A inauguração contará com a presença de familiares de Carlos Alberto e também de atletas que marcaram época com a camisa do alviverde campineiro.


A idealização da homenagem partiu de grupo de torcedores e contou com o aval do Conselho de Administração do Guarani. A materialização do tributo ao ídolo foi possível através de arrecadação de fundos que contou com a doação de torcedores e personalidades envolvidas com o Bugre.

Carlos Alberto Silva faleceu no dia 20 de janeiro, aos 77 anos. No clube, o técnico foi campeão brasileiro em 1978 e fez campanhas de destaque na Libertadores de 1979 e nos Brasileiros de 1994 e 1996. Ao todo, foram 283 partidas no comando do Bugre, com 137 vitórias, 77 empates e 69 derrotas.

HISTÓRIA

Nascido em Belo Horizonte, Carlos Alberto Silva se formou em Educação Física, pela Universidade Federal de Minas Gerais, e ficou conhecido no cenário nacional do futebol quando conquistou em 1978 o título do Campeonato Brasileiro da Série A com o Guarani. Recém chegada da Caldense, no segundo semestre de 1977, o treinador conduziu o Bugre no ano seguinte à sua maior glória alcançada até hoje.

Após alcançar o feito inédito, com clube do interior, os grandes clubes brasileiros começaram observar o trabalho do técnico mineiro. Em 1980, assumiu o comando do São Paulo, onde acumulou duas conquistas do estadual em anos distintos, primeiro em 1981 e 1989. Além do time da capital paulista, Carlos Alberto também comandou no Brasil: Atlético Mineiro, Cruzeiro, América Mineiro, Santa Cruz, Sport, Palmeiras, Corinthians, Santos e Goiás.

No Brasil ainda conquistou: Campeonato Mineiro, em 1982 com o Atlético e Campeonato Pernambucano, em 1983, com o Santa Cruz. O treinador foi um dos poucos a ser campeão nacional no Brasil e também na Europa. Isso porque em 1992-1993 foi Bi-Campeão com o Porto de Portugal. Não parou por aí: conquistou o Campeonato Japonês, em 1991, com o Yomiuri Kawasaki.

Com tantas conquistas por clubes, o nome de Carlos Alberto Silva também foi lembrado na Seleção Brasileira de Futebol por seus feitos comandando a amarelinha. Em 1987, foi medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis, nos Estados Unidos. Em 1988, também à frente da Seleção, ficou com a medalha de prata nas Olimpíadas de Seoul.

Além de todas essas conquistas também ganhou o Torneio de Paris com o Atlético Mineiro, em 82, a Supertaça de Portugal, em 92, com o Porto e por último a Copa Master da Supercopa com o Cruzeiro, em 1995. Em 2011, foi homenageado pelo Guarani na festa do centenário do clube realizado em Campinas. Aposentou-se do futebol profissional, em 2014, como membro da diretoria do Vila Nova de Goiás.








Fonte: assessoria de imprensa do Guarani

STJD pune severamente a Ponte: estádio interditado e risco de perder mando de até 30 jogos


A torcida pode empurrar o seu clube para o sucesso, como, por exemplo, aconteceu com o São Paulo ao longo do Campeonato Brasileiro. Mas pode jogar no precipício e prejudicar severamente quando deixa a razão de lado e parte para violência. Foi isso que aconteceu na derrota, de virada, por 3 a 2 para o Vitória, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, na 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

A invasão, quebra quebra, ameaças e tentativas de agressões, entre outras coisas feitas pela torcida da Ponte Preta, custaram muito caro para o clube. Foi u
m desastre total. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) acatou pedido da promotoria nesta quarta-feira (29/11), por meio de liminar, e interditou o Majestoso por tempo indeterminado.

Além de fechar o Moisés Lucarelli, o STJD proibiu torcida da Ponte Preta no jogo contra o Vasco, no domingo, em São Januário, e o consequente recebimento de verba para a instituição decorrente do confronto.


Mais ainda: em virtude de reincidência, a promotoria pediu pena triplicada da Ponte Preta na tipificação que estabelece perda de mando de um a 10 jogos, ou seja, a Macaca poderá perder mando por até 30 jogos.

``Vamos trabalhar muito para reverter isso, mas na prática o que temos hoje é um cenário no qual não teremos jogos no Paulista, se não conseguirmos reverter a interdição, e poderemos ficar sem mando em 30 jogos na Copa do Brasil e no Brasileiro. É um prejuízo incalculável´´, disse o diretor jurídico Giuliano Guerreiro.


Ele conta que o único pedido de liminar não atendido pelo STJD foi o de alteração do placar no jogo,visto que a corte entendeu que isso poderia mexer na tabela do campeonato.

``Qualquer decisão neste sentido será tomada apenas no julgamento de mérito, que por enquanto não tem data para ocorrer´´, explicou.

Mesmo a chance de reverter a interdição implicará em uma série de reformas para atender exigências que terão de ser verificadas em futuras vistorias, ou seja, consumo de tempo e dinheiro para a instituição, e sem prazos definidos.


``Além dos prejuízos trazidos pelo rebaixamento, agora  toda a coletividade pontepretana e a própria instituição estão sendo penalizados com extremo rigor e as consequências disso irão interferir diretamente nas três competições do ano que vem . É lamentável´´, finaliza o diretor jurídico.






Fonte: assessoria de imprensa da Ponte Preta  

Fumagalli renova com Guarani e vai disputar a Série A2 em 2018

O Guarani vai reformular o elenco para a temporada de 2018. Depois de passar sufoco na Série B do Campeonato Brasileiro, onde começou feito um foguete, dando sinais de que lutaria pelo acesso, mas errou o planejamento, trocou de treinador duas vezes, e escapou do rebaixamento somente na penúltima rodada, o Bugre agora quer dar a volta por cima.

Depois de anunciar que estava propenso a encerrar a carreira em 2017, o meia atacante e capitão Fumagalli, de 40 anos, renovou o contrato e vai disputar o Campeonato Paulista da Série A2 em 2018. Será mais uma tentativa de colocar o Guarani na Primeira Divisão do Campeonato Paulista.

Fumagalli assinou contrato nesta quarta-feira (29/11), no Brinco de Ouro, antes de conceder entrevista coletiva.

``Vou continuar a carreira. Jogando pelo menos mais a Série A2 para fechar a carreira com chave de ouro, tentando colocar o Guarani na Primeira Divisão. Depois do Estadual em encerro a carreira e fecho minha história no clube. Vou jogar mais três meses´´, anunciou.

Enquanto Fumagalli fica por apenas mais uma competição, o técnico Lisca anunciou que está de partida do Brinco de Ouro. Ele não chegou a acordo financeira com a diretoria, tem proposta do Criciúma e está propenso a aceitá-la.

A diretoria do Guarani já corre atrás de um treinador para a próxima temporada.




Fonte: assessoria de imprensa do Guarani

São Carlos contrata dupla do Inter de Bebedouro

As contratações seguem a todo vapor no São Carlos Futebol Clube. No início da tarde desta quarta-feira (29/11), a Águia da Central apresentou mais dois reforços para o Campeonato Paulista da Série A3 (Terceira Divisão).

O jovem lateral direito Zé Henrique, de 20 anos, vem da Inter de Bebedouro e defendeu também o Monte Azul e Ponte Preta. Na apresentação o novo reforço são-carlense demostrou otimismo para a competição.

``Estou muito feliz por ser um dos escolhidos para fazer parte do elenco. A expectativa é a melhor possível, a equipe é boa e estamos trabalhando forte para conseguirmos o acesso´´, explicou Zé Henrique.


O segundo reforço é o lateral esquerdo Douglas, de 32 anos. Nas duas últimas temporadas defendeu a Inter de Bebedouro e teve curta passagem neste ano pelo Mogi Mirim. Em sua primeira experiência na Série A3, ele se diz motivado para a competição.

``Será minha primeira Série A3 da carreira e estou muito motivado para buscar o acesso. Será grande prazer defender o São Carlos´´, concluiu.


O São Carlos tem estreia marcada na Série A3 para o dia 17 de janeiro, contra o Monte Azul, às 19h30 no estádio municipal professor Luis Augusto de Oliveira (Luisão), na cidade de São Carlos.








Fonte: assessoria de imprensa do São Carlos

Bragantino volta a trabalhar, apresenta reforços e agenda jogos-treino

Sob o comando do técnico Marcelo Veiga, o Bragantino começou a preparação para o Campeonato Paulista 2018. As primeiras atividades aconteceram na última segunda-feira (27/11) e inicialmente os trabalhos serão voltados para a parte física. O popular Massa Bruta foi o vice-campeão da Série A2 em 2017 e garantiu o retorno ao grupo de elite do futebol paulista em 2018.

Os oito remanescentes da Série C do Campeonato Brasileiro ganharam a companhia de mais quatro reforços, são eles: o goleiro Alex Alves, os volantes Clayton e Everton e o meia Vitinho. Guilherme Mattis e o Bruno Pacheco retornam de empréstimo e estão nos planos do Bragantino para a próxima temporada.

O goleiro Alex Alves veio do Sampaio Corrêa, onde conseguiu o acesso à Série B do Brasileiro.Clayton e Everton disputaram a Série C do Brasileiro, junto com Marcelo Veiga, e não conseguiram evitar o rebaixamento. Já Vitinho estava na mesma competição, mas pelo Botafogo, de Ribeirão Preto, que fez boa campanha.


``Começamos a trabalhar com 15 atletas e a expectativa é que até a segunda quinzena de dezembro a gente tenha 90% do elenco para seguir a preparação para o Paulista´´, contou Marcelo Veiga, que está na sexta passagem pelo clube e tem 465 jogos à frente do Braga. 

O treinador trabalha com a possibilidade de ganhar mais 15 atletas para compor o elenco. 

``Nesses primeiros 15 dias o grupo vai se dedicar apenas à parte física. Só depois vamos trabalhar com bola. Estamos trabalhando para receber cerca de 12 a 15 atletas´´, finalizou o treinador que espera contar com jogadores que disputaram as Séries A e B do Brasileiro. 

Visando chegar na melhor forma já na estreia do Campeonato Paulista, o Bragantino confirmou que fará jogos-treino. No dia 16 de dezembro, o adversário será a União Barbarense. No dia 23, a Portuguesa, em São Paulo. No dia 29, será contra o Rio Claro, em Rio Claro. Para finalizar, dia 6 de janeiro, o adversário será o Juventus, na Javari. 

Com o objetivo de terminar a fase de classificação entre os dois primeiros colocados do Grupo A, a estreia do Massa Bruta no Paulistão será no dia 17 de janeiro, quarta-feira, em casa, contra o Botafogo. Corinthians, Ituano e Linense também formam sua chave. 





Fonte: Tuddo

Sérgio Guedes é o novo treinador da Portuguesa Santista

O técnico Sérgio Guedes, ex-Rio Claro, vai comandar a Portuguesa Santista no Campeonato Paulista da Série A3 (Terceira Divisão) de 2018. A sua apresentação oficial aconteceu nesta quarta-feira (29/11), no estádio Ulrico Mursa, em Santos. Será a segunda vez que ele comanda a popular Briosa.

Sérgio Guedes teve carreira de destaque no gol, onde chegou a defender a Seleção Brasileira. Foi revelado nas categorias de base da Ponte Preta, mas chamou atenção no gol do Santos. Já na função de treinador trabalhou em diversos clubes, como Sport, Bahia, Portuguesa e foi vice-campeão paulista com a Ponte Preta, em 2008.

A última cartada de Sérgio Guedes foi no Rio Claro, o popular Galo Azul, onde chegou a firmar contrato de três anos para realizar trabalho a longo prazo. De sua parte, tudo foi perfeito, tornando a equipe competitiva e lutando pelo acesso. Porém, na parte financeira, o clube deixou a desejar e a ruptura acontecendo no segundo ano.

A Portuguesa Santista estreia em casa na Série A-3. O adversário da Briosa será o Rio Preto, no dia 17 de janeiro, provavelmente às 16h. Os outros jogos serão: 
Atibaia x Rio Branco, EC São Bernardo x Olímpia, Noroeste x Mogi Mirim, Marília x Barretos, Matonense x União Barbarense, Desportivo Brasil x Velo Clube, Manthiqueira x Taboão da Serra, São Carlos x Monte Azul e Grêmio Osasco x Capivariano.

Confira os treinadores dos 20 clubes participantes da Série A3:


ATIBAIA - Betão Alcântara
BARRETOS - Paulinho McLaren
CAPIVARIANO - indefinido
DESPORTIVO BRASIL - Maurício Barbieri
EC SÃO BERNARDO - Ricardo Costa
GRÊMIO OSASCO - Vitor Mosca
MANTHIQUEIRA - indefinido
MARÍLIA - Jorge Rauli
MATONENSE - indefinido
MOGI MIRIM - indefinido
MONTE AZUL - Oliveira
NOROESTE - Tuca Guimarães
OLÍMPIA - Edson Porto
PORTUGUESA SANTISTA - Sérgio Guedes
RIO BRANCO - Edson Fio
RIO PRETO - Rodrigo Fonseca

SÃO CARLOS - Edson Vieira
TABOÃO DA SERRA - Axel
UNIÃO BARBARENSE - Claudemir Peixoto
VELO CLUBE: Lelo

terça-feira, 28 de novembro de 2017

São Carlos contrata volante Arthur e atacante Maranhão

Mais dois reforços foram apresentados pelo São Carlos na tarde desta terça-feira (28/11) no estádio municipal professor Luis Augusto de Oliveira (Luisão). O volante Arthur, de 32 anos, e o atacante Maranhão, de 24, assinaram contrato e reforçam a Águia da Central para a disputa do Campeonato Paulista da Série A3 (Terceira Divisão).

O novo volante são-carlense defendeu recentemente o Atibaia e passou por Flamengo de Guarulhos, Grêmio Osasco, Audax/RJ, Audax/SP, Pelotas/RS e Oeste/SP. Em sua apresentação Arthur destacou a vontade de fazer história pelo São Carlos e buscar o título.

``Chego com a expectativa de fazer excelente competição pelo São Carlos ao lado dos meus companheiros. Não quero apenas uma passagem por aqui, mas sim conquistar o título e fazer história com a camisa do clube. Sempre foi um sonho poder defender o São Carlos e graças a Deus hoje estou realizando´´, concluiu.


Maranhão chega após defender o CSA/AL. Tem em seu currículo os clubes: Moto Club/MA, União São João, Vitória/BA, Barretos, XV de Jaú, Maringá/PR, entre outros. Pelo Barretos, ele conquistou dois acessos consecutivos, levando a equipe da Quarta Divisão à Série A2 (Segunda Divisão). Com a camisa do Maringá conquistou o acesso à Série D do Brasileiro. Focado nos treinos, o jogador quer deixar seu nome gravado na história do clube.

``É muito grande minha expectativa para estrear com a camisa do São Carlos. Por onde eu passo tento deixar meu nome e não vai ser diferente aqui. Estou focado nos treinamentos para por em prática na competição e buscar o acesso à Série A2´´, finalizou.


A Série A3 começa no dia 17 de janeiro, quando a Águia da Central receberá o Monte Azul, às 19h30, no estádio municipal professor Luis Augusto de Oliveira (Luisão).




Fonte: assessoria de imprensa do São Carlos