quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Diego Torres vibra com sequência e promete CRB partindo para cima da Ponte Preta


A torcida do CRB festeja o bom momento de seu camisa 10. Diego Torres vem muito bem, obrigado. Autor de golaço que contribuiu para a goleada em cima do Figueirense, por 5×1, o argentino vive ótima fase. 
São quatro vitórias consecutivas com ele em campo, sempre sendo titular.

Diego Torres apenas ficou de fora diante do Operário recentemente, quando o CRB acabou derrotado. Feliz com as atuações, o camisa 10 quer mais.

``Primeiramente muito feliz de estarmos num momento melhor, somando os pontos e conseguindo as vitórias. Infelizmente passamos por momento de instabilidade na competição. Caso contrário estaríamos brigando em cima com certeza. Feliz por mais um gol, mas principalmente pela vitória e nossa atuação coletiva contra o Figueirense´´, afirmou.


Na décima colocação na tabela de classificação, o CRB agora foca suas atenções na Ponte Preta. O duelo acontece no domingo (24/1), às 18h15, em Campinas. Para Diego Torres, o time regatiano tem que entrar com a mesma postura dos últimos compromissos.

``Queremos continuar subindo na tabela para honrar as cores e tradição do CRB. A Ponte tem dois pontos a mais, então é o que chamam de jogo de seis pontos. Eles tem time bom, entrosado e com jogadores experientes. Temos que entrar ligados assim como foi nos últimos jogos. Queremos a vitória e vamos buscar´´, finalizou o argentino, que já soma 42 compromissos pelo CRB, com quatro gols e seis assistências.



Foto: CRB/Divulgação - Fonte: AV

Live do Museu do Futebol avalia impacto da pandemia no calendário dos campeonatos brasileiros


A pandemia de coronavírus interrompeu campeonatos no mundo inteiro, obrigando as instituições esportivas a improvisarem novos calendários com mais jogos em menor espaço de tempo. A temporada 2020 adentrou o ano de 2021, e haverá muito pouco tempo entre o fim dos campeonatos atuais e o início das novas edições.

Qual o impacto desse calendário “apertado” no futebol brasileiro? Este é o tema da live “Presente e futuro do futebol brasileiro a partir da pandemia”, que o Museu do Futebol realiza no dia 22/1 (sexta-feira), às 20 horas, em parceria com o site No Ângulo. O Museu é uma instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.

Participarão do debate o economista Cesar Grafietti, o juiz de direito Gustavo Fernantes, o editor do No Ângulo, Gabriel Rostey, e o colunista do Meu Timão, Jorge Freitas. Entre os temas a serem abordados estão, além dos efeitos que a pandemia trouxe para os campeonatos em disputa, os desdobramentos da temporada atual, como a definição do Campeonato Brasileiro depois dos confrontos diretos, a final brasileira da Libertadores e o cenário dos treinadores estrangeiros e brasileiros nos clubes.

A live será transmitida pelo Facebook e pelo YouTube do Museu do Futebol: 

Facebook: www.facebook.com/museudofutebol

YouTube: www.youtube.com/museudofutebolspaulo 

Sobre o Museu do Futebol - O Museu do Futebol está instalado em uma área de 6,9 mil metros quadrados sob as arquibancadas do Estádio do Pacaembu. É um espaço interativo, lúdico e multimídia, no qual a história do esporte mais popular do Brasil se confunde com a própria história do país.

O Museu do Futebol é uma iniciativa do Governo e da Prefeitura de São Paulo, com concepção e realização da Fundação Roberto Marinho. Pertence à rede de museus da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e é gerido pelo IDBrasil, Organização Social de Cultura.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Botafogo segue ladeira abaixo igual ao Oeste e também está rebaixado para Série C do Brasileiro


A Série C do Campeonato Brasileiro de 2021 terá diversos clubes do futebol paulista. Novorizontino e Mirassol, que subiram da Série D. Ituano, que segue na competição após não conseguir o acesso. Oeste, da Barueri, que havia caído na Série B. E agora o Botafogo, de Ribeirão Preto, que foi rebaixado nesta quarta-feira (20/1).

É verdade que o rebaixamento do Botafogo começou a se desenhar em 2019, quando escapou da queda no Paulistão na penúltima rodada, após vencer o Santos em Ribeirão Preto. Depois, na Série B na mesma temporada, começou muito bem, demitiu o técnico Roberto Cavalo, contratou Hemerson Maria e degringolou. Quase caiu!

O péssimo trabalho da diretoria do Botafogo permaneceu em 2020. Porém, mais uma vez, o Pantera, contando com resultados de outros clubes, acabou não sendo rebaixado na última rodada. Mas a falta de visão dos dirigentes, que continuaram economizando em contratações e trazendo jogadores de gosto duvidoso, acabou levando o clube à Série C.

Ao longo da Série B de 2020, que está acabando no primeiro mês de 2021, o Botafogo praticamente estacionou no Z4, a famosa zona do rebaixamento. Somente o Oeste, outro clube paulista e já rebaixado, passou mais tempo entre os últimos colocados.


Mesmo com o time não reagindo, o técnico Claudinei Oliveira, agora no Avaí, foi permanecendo. Porém, mesmo com os jogadores pedidos por ele, o Pantera não reagiu e ele pediu demissão. Chegou o treinador Moacir Júnior (foto) e o panorama demorou a mudar.


Nas últimas rodadas, o Botafogo até esboçou reação. Mas na terça-feira (19), mesmo atuando em Ribeirão Preto, a equipe apanhou do CSA por 3 a 1 e chegou ao fundo do poço. Mas ainda sonhava. Entretanto, nesta quarta-feira, o Vitória venceu o Guarani, em Campinas, por 2 a 1; e o Náutico goleou o Oeste por 4 a 1, em Recife, e os resultados rebaixaram a Pantera, que só cumprirá tabela nas duas últimas rodadas da Série B.

Yuri admite que duelo da Ponte Preta contra vice-líder Chapecoense, fora de casa, é de vida ou morte


Faltando três rodadas para encerrar a Série B do Campeonato Brasileiro de 2020, a Ponte Preta define seu futuro nesta quinta-feira (21/1). É vencer a Chapecoense, às 17h45, na Arena Condá, em Chapecó, pela 36ª e antepenúltima rodada, e seguir sonhando e lutando pelo acesso, ou empatar e perder e acabar de uma vez por todas com suas chances.

``Vai ser jogo muito difícil. Eles estão lutando pelo título e nós em busca do G4. Não vai ter moleza para ninguém. Espero jogo competitivo e vamos atrás dos três pontos´´, disse o lateral Yuri, que vem como titular nos últimos três jogos, após Lazaroni seguir para o DM.

Yuri vem jogando muita bola, com duas assistências para gol (a última delas, um cruzamento perfeito para Camilo fazer um dos dois gols dele na vitória contra o Náutico por 2 a 0). Ele também falou d
o duelo atípico contra a Chapecoense na primeira fase, quando a Ponte perdeu em casa.

``O que passou ficou lá atrás. A gente não tem como ficar olhando no retrovisor, remoendo aquele resultado. O campeonato mudou, são outras coisas, outra história, e estamos vivos. Vamos em busca da vitória e do G4. Estamos pensando na frente, olhando para a frente nas três rodadas que faltam e vamos pensar neste jogo, que é o que mais importa´´, frisou.


O fato de a Macaca entrar em campo com os placares dos primeiros colocados já definidos ajuda o time, na opinião do lateral.

``Sempre tem aquela secada. A outra rodada teve resultados bons para nós, que nos deixaram vivos no campeonato, e nesta teve resultado importante, até para jogarmos bem, já sabendo que temos que ganhar. É combustível para vencermos e ficarmos mais próximos do G4´´, revelou.

Quanto ao bom momento que vive, o jogador acredita que é fruto de muito trabalho e do conjunto da equipe.

``Futebol é esporte coletivo, ninguém consegue nada sozinho. A vontade é ter sequência, o grupo vencer, brigar pelo G4, uma coisa completou a outra. Sempre trabalhei muito e, após o período de parada na pandemia, entendo que sou novo jogador, que sabe o que quer, tem objetivos claros. Sempre fiz meu melhor e uma hora a oportunidade ia chegar, tinha que estar preparado e aproveitei da melhor forma possível´´, afirmou.

Yuri finaliza falando um pouco sobre a influência do técnico Fábio Moreno nesta atual fase em campo.

``Fabinho sempre me ajudou na Ponte Preta, cara aberto, transparente, que me dá muita confiança para jogar e fazer o melhor. Ele apoia, está junto com o grupo, tem sido muito importante´´, concluiu.


 

Fonte e foto: assessoria de imprensa da Ponte

Renan Fonseca destaca organização da Inter de Limeira e espera fazer história no clube


Na última terça-feira (19), a Internacional de Limeira apresentou à imprensa o zagueiro Renan Fonseca. Experiente, o atleta tem passagens marcantes por Ponte Preta e Botafogo. O jogador está há uma semana treinando com o elenco comandado pelo técnico Thiago Carpini e já assinou com o clube até o fim do Campeonato Paulista.

Durante a entrevista coletiva, realizada de forma on-line, o zagueiro disse que é um prazer vestir a camisa da Inter e ter esse novo desafio. Ele avaliou o estadual como uma das competições mais difíceis do Brasil e que o clube está crescendo e se organizando a cada ano que passa.

``Eu chego com o intuito de ajudar da melhor maneira possível, dentro do campo, aqui fora, para, se possível, marcar história no clube. Já estou com 30 anos, a gente não pode mais ficar brincando de jogar futebol. Tem que aproveitar ao máximo as oportunidades´´, disse Renan.


Ele ainda falou sobre sua carreira e propostas de outras equipes. Também destacou vários pontos positivos para acertar com a Inter e como o clube estar organizado, a comissão técnica que já conhecia – destaque para o preparador físico Caio Gilli, e o Paulistão, que é uma competição que tem bastante experiência.

Clique aqui para acessar a TV Vai Leão e assistir a entrevista na íntegra.



Fonte e foto: assessoria de imprensa da Inter

Perto do acesso histórico, Jenison garante Cuiabá ligado nas duas últimas rodadas da Série B


Após a vitória por 2 a 0 sobre o Paraná, na última terça-feira (19/1), fora de casa, com gols de Elvis e Yago, o Cuiabá chegou a 61 pontos, seis a mais que o Juventude, quinto colocado na Série B do Campeonato Brasileiro. Com isso, o Dourado precisa apenas de um ponto nos dois últimos jogos para o encerramento da competição para disputar pela primeira vez em sua história, o grupo de elite do futebol brasileiro. Um feito histórico!

Apesar da condição favorável, Jenison prega cautela, e garante o Cuiabá focado nas duas últimas rodadas finais.

``A equipe está de parabéns por tudo que fez até aqui. Chegamos nessa reta final em condição muito boa para conquistar o acesso, mas sabemos que ainda não tem nada garantido. Faltam duas rodadas e o nosso foco segue o mesmo´´, destacou o atacante.


O acesso do Cuiabá pode ser confirmado nesta sexta-feira (22). E será dentro de casa, na Arena Pantanal. O Dourado enfrenta o Sampaio Corrêa, às 21h30.

``Vamos entrar em campo com o objetivo de vencer, como fizemos em todas as partidas. É jogar com inteligência, para conquistar bom resultado e confirmar o acesso´´, concluiu Jenison.

Na última rodada da Série B, o Cuiabá terá pela frente o CRB, em Alagoas.




Foto: Divulgação / Cuiabá - Fonte: AV

Pereira descarta favoritismo do Novorizontino e pede atenção para chegar a grande final da Série D


No primeiro encontro entre Floresta-CE e Novorizontino pelas semifinais da Série D do Brasileirão, nada de vencedor. Após o empate em 1 a 1, no Castelão, em Fortaleza, as duas equipes que confirmaram presença na Série C se enfrentam agora em Novo Horizonte, querendo carimbar presença na grande decisão. Há favorito na disputa?

Para Pereira, meia do Novorizontino e um dos destaques da competição com quatro gols, não. Longe disso aliás. Após carimbar seu terceiro acesso no clube, ele pede respeito ao Floresta.

``Claro que a gente vê muita gente falando que somos favoritos, mas não acho isso. É jogo aberto e a partida de ida mostrou isso. O Floresta tem grande equipe, muito bem treinada. Não à toa conquistou o acesso. É preciso ter respeito. Está tudo aberto e sabemos que teremos que nos doar muito para chegarmos a grande final da competição´´, afirmou.


O reencontro entre as equipes acontece neste sábado (23/1), às 18 horas. Pereira pede o Novorizontino ligado do primeiro ao último minuto.

``Tenho certeza que de novo será jogo muito estudado, de muito respeito. Temos que entrar ligado nos 220, não tem jeito. É decisão e todos estão de olho no título. Queremos muito essa conquista para o clube e vamos nos doar ao máximo para isso acontecer´´, finalizou o jogador.




Foto: Maria Paula Laguna/Novorizontino - Fonte: AV

Lateral Denis Neves é o novo reforço da Portuguesa


A Portuguesa segue anunciando reforços para a temporada cheia que terá pela frente em 2021. Afinal, a atual campeão da Copa Paulista, além da Série A2 (Segunda Divisão) do Campeonato Paulista, vai disputar a Série D do Brasileiro e a Copa Paulista.

A novidade na Portuguesa nesta quarta-feira (20/1) foi a apresentação do lateral-esquerdo Denis Neves. O jogador, incusive, já treinou nesta tarde no Centro de Treinamento rubro-verde, no Parque Ecológico, com os seus novos companheiros.

Depois de iniciar no mundo da bola passando pelas categorias de base de Athletico e Coritiba, o jogador também rodou bastante pelo futebol paulista. E essa experiência fez o técnico Fernando Marchiori optar por sua contratação.


Denis Neves jogou no Oeste, Botafogo, Guarani, Santo André, Água Santa, Penapolense e Taubaté. Fora de São Paulo, o novo lateral da Portuguesa passou pelo futebol mineiro, carioca, mineiro e paranaense.

FICHA TÉCNICA

Denis Neves Rezende da Silva

30 anos

1,69m

73Kg



Fonte e foto: assessoria de imprensa da Portuguesa

terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Botafogo perde em casa para o CSA, que entra no G4, e conta os dias para ser rebaixado na Série B


O Botafogo está praticamente rebaixado para a Série C do Brasileiro. Ainda não matematicamente, mas a queda já pode acontecer nesta quarta-feira (20/1). Nesta terça-feira (19), no Estádio Santa Cruz, pela 36ª e antepenúltima rodada da Série B, o Pantera perdeu para o CSA, que entrou no G4, por 3 a 1. Nadson, Rodrigo Pimpão e Pedro Júnior fizeram os gols do time alagoano, com 
o zagueiro Walisson Maia descontando

Com o resultado, o Pantera continua na 19ª e penúltima colocação com 34 pontos. O CSA, além de vencer, contou com a derrota do Juventude para retornar ao G4, na quarta colocação, com 56 pontos.


O JOGO

O Botafogo entrou em campo com quatro novidades em relação ao empate diante do América-MG. Na defesa, Martineli substituiu Romão, suspenso. No meio de campo, Matheus Anjos entrou no lugar de Ronald, que também cumpriu suspensão. Assim, Bady foi mantido e atuou ao lado do camisa 10. No ataque, Michel Douglas retornou na vaga de Judivan. 

No início da partida, o Tricolor teve dificuldades e o CSA dominou os 15 minutos iniciais. Mesmo assim, o goleiro Igor Bohn não foi exigido. 

Depois dos 15 minutos, o Pantera melhorou e chegou com perigo. No primeiro lance, Jeferson inverteu para Martineli, que segurou a bola e devolveu para o camisa 39. O lateral/ponta, porém, não conseguiu dominar. Aos 18, Jeferson teve gol anulado por impedimento. 

Aos 26 minutos, após boa troca de passes no sistema ofensivo, Matheus Anjos colocou no ângulo, mas o goleiro Matheus Mendes saltou para evitar o gol. Quando o Botafogo estava melhor em campo, o CSA abriu o com Nadson, de cabeça, fazendo prevalecer a lei do ex: 1 a 0. 

Ainda na etapa inicial, o Pantera quase empatou. Val recebeu na intermediária e finalizou forte para outra boa defesa de Matheus Mendes. 

No segundo tempo, o Tricolor começou atacando, enquanto o CSA se defendia atrás da linha do meio de campo e apostava nos contragolpes. E ampliou aos 27 minutos, com Rodrigo Pimpão 2 a 0. 

O Botafogo não desistiu e conseguiu diminuir. Quatro minutos depois, Matheus Anjos cobrou escanteio e o zagueiro Walisson Maia subiu para cabecear e fazer: 2 a 1.

Pouco tempo depois, o Tricolor quase empatou. Após uma boa troca de passes, Cassio Ortega recebeu na grande área e mandou para fora. 

Moacir Júnior lançou o time para o ataque. Porém, Pedro Júnior, aos 42, definiu o marcador no contra-ataque: 3 a 1. 



Fonte e foto: assessoria de imprensa do Botafogo

Após temporada goleadora pelo Yokohama Marinos, Júnior Santos é o novo reforço do Sanfrecce Hiroshima


O atacante Júnior Santos está de casa nova no Japão. Com passagem de sucesso pelo Yokohama Marinos, onde atuou emprestado no ano passado, com 13 gols e uma assistência em 23 partidas, o jogador agora vestirá a camisa do Sanfrecce Hiroshima, com o qual assinou por três temporadas.

No início de 2021, ele concretizou sua transferência em definitivo vendido pelo Kashiwa Reysol, clube que havia adquirido seus direitos econômicos do Fortaleza, em 2019.

``Estou motivado e entusiasmado com este novo desafio, podendo seguir no Japão, país que me adaptei muito bem e fui muito bem acolhido. Vestindo agora o uniforme da Sanfrecce Hiroshima, vou dar o meu melhor para contribuir para as vitórias da equipe o mais rápido possível. Farei o meu melhor para ter muito sucesso e conquistar os títulos. Vamos lutar juntos com nossos fãs e apoiadores´´, afirmou o brasileiro.

Pelo Reysol, Júnior ajudou a equipe a sagrar-se campeã da J-League 2, conquistando o acesso para a elite do futebol japonês. No ano seguinte, chamou a atenção do Yokohama Marinos, então atual campeão nacional, e foi um dos principais destaques e artilheiros.

Hoje com 26 anos, ele destacou-se no Brasil com as camisas de Fortaleza e Ponte Preta. Pelo Leão, inclusive, venceu o Campeonato Cearense e foi artilheiro da conquista da Copa do Nordeste, sob o comando do técnico Rogério Ceni. Sua trajetória também traz passagens por Ituano e Osvaldo Cruz.

``Só tenho a agradecer por tudo que tem acontecido em minha vida. Agradecer meus familiares e meu empresário, Edivaldo Ferraz (E&L Assessoria Esportiva), pois tive a chance de me destacar e ganhar projeção desde a ida para o Ituano, depois Ponte Preta, Fortaleza e, por fim, estes clubes de muita história no Japão. Foi grande mudança de vida, não só como profissional, mas como homem, e tenho carreira que ainda espero seguir construindo com muito trabalho e foco em busca dos objetivos. Tenho fé de que virão muitas coisas boas daqui para frente´´, ressaltou.


Júnior Santos - Carreira Profissional

Clube atual:

Sanfrecce Hiroshima

Clubes anteriores:

Yokohama Marinos - 23J - 13G - 1A - 2020

Kashiwa Reysol - 9J - 2019/20

Fortaleza - 27J - 10G - 2019

Ponte Preta – 38J  – 9G  – 3A  – 2018

Ituano - 11J - 4G - 2018



Fonte e foto: Inovem

Goleiro Agenor troca Criciúma pelo futebol japonês


Após sua segunda passagem pelo Criciúma, clube que tem forte identificação, Agenor atuará no futebol japonês pelos próximos dois anos. O goleiro, de 31 anos, aceitou a proposta do SC Sagamihara, equipe que disputará a segunda divisão do país.

``Recebi a proposta com bastante surpresa e felicidade pelo reconhecimento do meu trabalho. Será minha primeira experiência num clube fora do país e estou muito motivado. Já fizemos apresentação por videoconferência e devo embarcar para o Japão nos próximos dias´´, revelou o jogador.


Revelado pelo Juventude, Agenor acumula passagens por Internacional, Joinville, Sport, Guarani, Fluminense, além do próprio Criciúma. Pelo Tigre, foram 49 jogos e dois gols.

``Gratidão é a palavra certa. Saio do Criciúma, mas continuarei na torcida para que o clube alcance todos os seus objetivos em 2021. Todos sabem minha identificação com o Tigre, com os torcedores e a cidade. Gostaria de deixar grande abraço e muito obrigado a todos os funcionários, diretoria, torcedores, comissão e amigos que estiveram do meu lado no dia a dia´´, finalizou o arqueiro.



Foto: Divulgação/Criciúma - Fonte: AV

Romércio pede recuperação imediata do Guarani na Série B


Depois de ser derrotado pelo Cuiabá por 4 a 0. quando teve apenas treze jogadores disponíveis para a partida em função do surto do novo coronavírus, o Guarani voltará a campo na próxima quarta-feira (20/1), contra o Vitória, às 16 horas, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas. O duelo é válido pela 36ª e antepenúltima rodada da Série B do Brasileiro.

``Foi situação surreal o que aconteceu, mas temos que deixar isso para trás. Não vai mais voltar. Precisamos pensar em nos recuperarmos no jogo seguinte para continuar sonhando com o nosso maior objetivo, que é o acesso. Sabemos que é difícil, mas estamos falando de futebol e tudo pode acontecer´´, analisou o zagueiro Romércio.


Para a partida contra o Vitória, o Bugre deverá contar com o retorno de vários jogadores que se recuperaram da COVID-19. Com 48 pontos, o Guarani ocupa a 10ª colocação na tabela de classificação, sete a menos que o Juventude, último clube do G4.

``Temos que entrar em campo e fazer a nossa parte, independente dos outros resultados. Acredito que fizemos campanha de recuperação espetacular na competição e estar brigando pelo acesso faltando três rodadas é prêmio para esse grupo que lutou muito para fazer o melhor pelo Guarani´´, finalizou.



Foto: Divulgação / Guarani - Fonte: AV

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Em vitória no clássico diante do Galatasaray, volante Souza faz primeiro gol pelo líder Besiktas


Em vitória por 2 a 0 sobre o Galatasaray, no último domingo (17/1), Souza abriu o placar para o Besiktas. Foi o primeiro gol do volante em 14 partidas neste seu novo e recente desafio na carreira de volta à Turquia. Com o resultado, a equipe do brasileiro se mantém líder da Liga Turca, com 38 pontos, mesmo número do Fenerbahçe.   

``Foi jogo muito especial. Primeiro, porque estávamos lutando para manter a liderança e, segundo, por ser clássico na Turquia e os clássicos aqui são diferentes. Eu tive a felicidade de marcar mais um gol contra o Galatasaray e ajudei a abrir o caminho para a vitória. Fico muito feliz pela vitória e pelo gol. Agora é continuar focado para não perdermos mais a liderança e buscar esse título´´, afirmou Souza.

Quando defendeu o Fenerbahçe, em sua primeira passagem pelo país, Souza também deixou sua marca diante do Galatasaray. Nos 2 a 0 de domingo, o volante marcou aos 78 minutos. O segundo saiu já aos 90.

Souza chegou ao Besiktas para esta temporada e com possibilidade de mais um ano de vínculo. Anteriormente, estava no Al Ahli, da Arábia Saudita. No Brasil, o volante defendeu Vasco, Grêmio e São Paulo.

O Besiktas volta a campo, novamente pela Liga Turca, na próxima quinta-feira (21), diante do Fatih Karagumruk. A equipe vem de nove partidas de invencibilidade, sendo oito vitórias e um empate. 



Fotos: Divulgação / Besiktas - Fonte: Inovem

Emprestado pela Inter de Limeira, Roger Bernardo está de volta ao Rio Claro para disputar a Série A2 do Paulista


Com quase 10 temporadas no futebol alemão e passagens por grandes clubes do Brasil, Roger Bernardo está de volta ao Rio Claro. Emprestado pela Inter de Limeira, o volante, que também atua como zagueiro, retorna ao Azulão para a disputa da Série A2 (Segunda Divisão) do Campeonato Paulista.

Roger Bernardo mora na cidade de Rio Claro. E como percebeu que o técnico Thiago Carpini não tinha planos para ele na Iter de Limeira, resolver voltar ao Rio Claro para tentar levar o clube à Primeira Divisão.


Novatos se apresentam na Inter

O zagueiro Luis Gustavo e meia Marcos Vinícius concederam entrevista coletiva nesta segunda-feira na Inter. Os jogadores, recém-contratados, esperam fazer bom trabalho no clube e avaliaram a visibilidade que o Campeonato Paulista poderá dar em suas carreiras.

Luis Gustavo afirmou que a competição é uma das mais fortes do Brasil e que qualquer atleta gostaria de jogar.

``Vamos trabalhar forte para atingir nossos objetivos´´, frisou o zagueiro.

Ele ainda falou sobre sua experiência em Portugal e o aprendizado.

Para Marcos Vinicíus, o foco agora é pensar na permanência na elite do futebol paulista e depois buscar algo mais.

``A Inter vai querer brigar forte com todos adversários. Vamos pensar passo a passo´´, destacou. 

Clique aqui e confira a coletiva da dupla na íntegra.

Já o lateral-esquerdo Jander e o lateral-direito Matheus Alexandre também concederam entrevista coletivae destacaram o comprometimento do elenco para ter bom desempenho no Paulistão.

Jander disse que está contente por poder vestir a camisa da Inter e com sua experiência espera ajudar seus companheiros.

``Fiquei muito feliz em poder ver o dia a dia do grupo, o comprometimento no trabalho, eles estão se dedicando”, revelou o atleta também, que falou sobre a carreira na Europa e aprendizado técnico e tático.

Questionado sobre o elenco, Matheus Alexandre comentou que o grupo está se adaptando bem e que o foco agora é a manutenção do clube na elite do futebol paulista. Ele ainda afirmou que o torcedor leonino pode esperar muito comprometimento, raça e força de vontade dos jogadores.

Clique aqui e confira a entrevista coletiva da dupla




Fonte e foto: assessoria de imprensa da Inter

Técnico Vinicius Bergantin admite decepção com desempenho do Ituano no quadrangular final da Série C


O objetivo do Ituano era o acesso na Série C do Brasileiro, mas como não dependia somente do seu jogo, todos queriam se despedir com a vitória diante do Vila Nova-GO, em Itu, na última rodada do quadrangular final. Não foi isso que aconteceu. Perdeu por 1 a 0, jogou mais uma vez mal dentro de casa e decepcionou todo mundo.

``É duro falar em saldo positivo quando você não consegue o acesso depois de sonhar tanto. Principalmente depois da recuperação no segundo turno da primeira fase e da estreia nos quadrangulares com vitória, fora de casa, contra Vila Nova. Criamos expetativa enorme. Tínhamos dois jogos em casa e não fomos competentes. Depois da vitória em Goiânia não vencemos mais. Não fomos competentes para brigar pelo acesso. No último jogo, fizemos boa partida, mas depois com a informação dos gols em Recife ficou difícil. Tentamos o gol e colocamos uma bola na trave. Os atletas deram o máximo. Temos que analisar com frieza porque tivemos muita coisa boa na Série C´´, analisou o técnico Vinicius Bergantin. 

``Faltou um pouco mais de atitude. Mas não foi só neste jogo. Principalmente nos jogos em casa e na postura. Cometemos erros que não podíamos em casa. Pagamos caro por isso. É preciso salientar que não faltou garra e luta. Infelizmente não conseguimos o resultado que queríamos´´, comentou o meia Guilherme, emendando em seguida,

``O Ituano tem que sair de cabeça erguida. Muitos não acreditaram em nós quando saíram os grupos. Alguns nos deram como patinho feio. Não tem terra arrasada. Vamos sentir esta derrota. Juntar os cacos e temos que seguir em frente´´, completou Guilherme.


O elenco do Ituano ganhou 15 dias de férias até começar a preparação para a próxima temporada. O técnico Vinicius Bergantin ainda ressaltou.

``Temos vários pontos positivos. Não é qualquer elenco que consegue recuperação depois de primeiro turno ruim. Os atletas conseguiram com muito trabalho e dedicação. Agradeço a diretoria, que nos deu todas as condições de trabalho desde a parada do Paulista por causa da pandemia. Uma pena que não conseguimos o impulso final nos últimos cinco jogos´´, disse Vinicius Bergantin.

O gestor Paulo Silvestri também fez sua análise da campanha na Série C.

``Com este formato de campeonato, não se consegue o acesso no último jogo. O Ituano não conseguiu por vários jogos. No início da competição demoramos para entender o jeito de jogar a Série C. Na virada do turno houve melhora fantástica. Passamos de 30% para 70% de aproveitamento. Isso nos deixou cheio de esperança que poderíamos repetir este futebol no quadrangular e conseguir o acesso. Infelizmente o que vimos foi fase difícil e equilibrada. Começamos bem com  vitória contra o Vila Nova, fora, mas depois não desenvolvemos bom futebol. Não fomos bem no quadrangular. Mas, nas quatro metas que existem na Série C (não cair, classificar à segunda fase, acesso e ser campeão), conseguimos atingir duas. Claro que queríamos subir. Acreditávamos que era possível dar este presente para a torcida. Vamos sacudir a poeira e montar o elenco para o Paulista e próxima Série C. Estamos observando atletas e anotando nomes desde setembro. A partir de terça- feira (19/1) vamos sentar com a comissão técnica e iniciar este trabalho´´, afirmou.



Fonte e foto: assessoria de imprensa do Ituano

Patric, capitão do Sport, mobiliza elenco para doação de cilindros de oxigênio para Manaus


As cenas da falta de estrutura em diversos hospitais de Manaus, principalmente no que se refere a falta de cilindros de oxigênio para auxiliar na recuperação de enfermos mobilizou  enorme parcela da população brasileira. Diversas empresas e artistas fizeram doações para auxiliar neste momento complicado que vive a capital do Amazonas.

Demonstrando senso gigantesco de humanidade, o elenco do Sport também resolveu fazer a sua parte. Encabeçado por lideranças importantes, como o capitão Patric, o meia Thiago Neves e a comissão técnica comandada por Jair Ventura, o elenco vai auxiliar no envio de 125 cilindros para a população de Manaus.

Tudo isso será possível graças a parcerias importantes que auxiliarão na logística da entrega dos cilindros. O elenco do Sport contou com o apoio da LP Saúde e também da plataforma Transforma Brasil. Toda a iniciativa ocorrerá com o máximo de transparência e, inclusive, os jogadores estão pedindo em suas redes sociais para que outras pessoas possam ajudar com doações no intuito de auxiliar a população de Manaus.


Patric, que é voluntário do Transforma Brasil, enaltece a iniciativa.

``Temos que fazer a nossa parte. Somos figuras públicas e podemos ajudar que outras pessoas possam contribuir com a população de Manaus. Queremos dar o nosso auxílio para salvar vidas. É preciso ter sensibilidade neste momento com o que vem passando a população de Manaus´´, ressaltou o capitão do Sport.

Os 375 cilindros adquiridos (125 do elenco do Sport e 250 dos parceiros: LP Saúde e a Transforma Brasil) serão enviados na próxima quarta-feira (20/1) para Manaus, local que a plataforma Transforma Brasil já se encontra com diversos voluntários auxiliando na ação #SosManaus.





Foto: Anderson Stevens/Sport - Fonte: AV

Aos 37 anos, veterano volante Cristian troca o Juventus pelo Atibaia na Série A2 do Paulista


Depois de defender o Juventus na Série A2 (Segunda Divisão) do Campeonato Paulista de 2020, quando o Moleque Travesso se classificou às quartas de final, mas acabou eliminado lono no primeiro mata-mata pelo São Bernardo, o veterano volante Cristian, de 37 anos, arrumou emprego no Atibaia, que vai disputar a mesma competição em 2021. Ele foi anunciado pelo Falcão nesta segunda-feira (18/1).

``Com passagens marcantes por Corinthians, Flamengo, Fernerbahçe (Turquia) e Grêmio, e tendo no currículo títulos como Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro, Libertadores e Campeonato Turco, o volante Cristian é o novo reforço do Falcão! Seja bem-vindo!´´, anunciou o departamento de comunicação do Atibaia em suas mídias sociais.

Na semana passada, a diretoria do Comercial havia anunciado a contratação do jovem artilheiro Wesley Tanque, que na temporada passada foi o principal goleador do Comercial, de Ribeirão Preto, na Série A3 (Terceira Divisão) do Campeonato Paulista.


Antes de Wesley Tanque, o Falcão já havia anunciado as seguintes contratações: Alê (volante), Dogão (zagueiro), Jean Pablo (zagueiro), Maicon Douglas (volante), João Felippe (meia), Gênesis (atacante), Michael Paulista (atacante),Christofer (goleiro), além do retorno de Henrique Pachu (atacante).



Foto: assessoria de imprensa do Atibaia

Recuperado da COVID-19, goleiro Gabriel Mesquita retorna aos treinos e se diz pronto para ajudar o Guarani


De volta aos treinos do Guarani após se recuperar da Covid-19, o goleiro Gabriel Mesquita se disse pronto para retornar aos gramados e ajudar a equipe na reta final da Série B do Campeonato Brasileiro. Na quarta-feira (20/1), o Bugre entra em campo para enfrentar o Vitória, às 16 horas, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas, pela 36ª a antepenúltima rodada.

``Passei os dias isolado, tive os sintomas menos graves, como dor de cabeça, perda de olfato e paladar. Fico feliz de poder voltar, recuperado, pronto para ajudar o Guarani´´, disse.

Com 48 pontos, o Bugre ocupa a 10ª colocação da Série B, e, além do Vitória, tem pela frente o Avaí e o Juventude. Segundo o goleiro alviverde, o time fará todos os jogos com o máximo de empenho possível.

``Vamos com toda esperança lutar até o fim. Podem esperar Guarani aguerrido, buscando os três pontos em cada jogo, para terminar na melhor posição possível na tabela´´, destacou.

O goleiro também enalteceu a estreia de Lucas Cardoso, que diante dos desfalques do próprio Gabriel, além de Rafael Pin e Jefferson Paulino, foi titular contra o Cuiabá e realizou boas defesas.

``Fiquei muito feliz, ele foi muito bem, temos grupo de goleiros concorrentes, um está na sombra do outro e isso ajuda a manter o alto nível´´, elogiou.




Fonte: assessoria de imprensa do Guarani

Museu do Futebol amplia dias de funcionamento e volta com entrada grátis às terças


A partir desta terça-feira (19/1), o Museu do Futebol passar a abrir de terça a domingo, das 10 às 19 horas, com mais duas grandes novidades: a primeira é a volta da entrada gratuita às terças-feiras; a segunda, a possibilidade de adquirir um ingresso promocional para visitar apenas a exposição principal, pela metade do preço.

Instituição da Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, o Museu do Futebol está localizado no Estádio do Pacaembu.

A emissão de ingressos continua sendo feita exclusivamente pela internet, pelo endereço www.museudofutebol.org.br/ingressos, com dia e hora marcados. Para visitas nas terças-feiras gratuitas, cada CPF pode emitir no máximo dois ingressos.

De quarta a domingo, a entrada custa R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia) para a visita completa, que inclui a exposição Pelé 80 – O Rei do Futebol e a exposição principal do Museu. Para quem quiser visitar apenas a exposição principal, o ingresso promocional sai a R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).

As mudanças foram possíveis depois da avaliação dos três primeiros meses de funcionamento do Museu sob os protocolos sanitários de prevenção à Covid-19. A instituição vem recebendo apenas 10 pessoas a cada meia hora, capacidade máxima da exposição temporária. A avaliação do fluxo de visitantes mostrou a possibilidade de atender mais pessoas interessadas em visitar apenas a exposição principal, mantendo o mesmo nível de segurança. Com entrada em horários intercalados, todos os visitantes têm a garantia de um passeio sem aglomeração pelos 6.900 metros quadrados do Museu.

Entre quem já visitou o Museu do Futebol, 97% se dizem seguros ou muito seguros com diante das medidas tomadas – o dado é da pesquisa interna de público respondida pelos visitantes.

Uso obrigatório de máscaras, medição de temperatura na entrada, sinalização de distanciamento social, adaptação dos recursos interativos para funcionar sem toque, a partir do celular dos usuários, são algumas das medidas adotadas pelo Museu do Futebol para uma visita segura.

SERVIÇO

Museu do Futebol

Praça Charles Miller, s/n – Estádio do Pacaembu

A partir de 19/1: de terça a domingo, das 10 às 19h.

Ingressos: www.museudofutebol.org.br/ingressos   


INGRESSOS

Pelé 80 – O Rei do Futebol + Exposição principal

R$ 20,00 Inteira | R$ 10,00 Meia


Exposição principal

R$ 10,00 Inteira | R$ 5,00 Meia


Crianças de 0 a 6 anos não pagam (veja outras gratuidades em nosso site).

Entrada gratuita para todos às terças-feiras.

Após derrotar Náutico, Fábio Moreno quer a mesma disposição da Ponte Preta no duelo decisivo diante da Chapecoense


A vitória contra o Náutico por 2 a 0, no último domingo (17/1), manteve a Ponte Preta viva na busca pelo acesso na Série B do Brasileiro e trouxe alegria ao elenco, diretoria e torcida. Mas todos estão cientes que foi primeiro passo de caminhada curta e árdua – para subir, a Macaca idealmente precisa de três vitórias nos próximos três confrontos, além de torcer por tropeços dos times que estão à frente na luta pela quarta vaga do G4.

O próximo passo da Ponte Preta, inclusive, será um dos mais difíceis, o confronto com a vice-líder, a Chapecoense, e o técnico Fábio Moreno antecipa o que é necessário para o sucesso.

``A Chapecoense disputa título e quer ser campeã. Precisamos estar muito bem atento, focado, para que erros não se repitam e a gente continue buscando. Se for para Chapecó com disposição e qualidade que mostramos contra o Náutico, nós daremos mais um passo em cima do objetivo. Eu acho que é isso que vai acontecer´´, afirma o treinador.

Fábio Moreno acrescenta maior foco na eficiência nas finalizações.

``Ressaltei isso no vestiário porque já era para voltarmos para o segundo tempo com placar mais elástico do que foi. Um time que se propõe a disputa das primeiras colocações tem que ter eficiência melhor e estamos cientes disso. Mas é preciso ver o lado bom das coisas, se a gente teve tantas chances, na minha conta foram nove, é porque criamos, fizemos boa partida e merecemos o resultado sem sofrer gols, que era nosso principal objetivo´´, enfatiza.


Sobre o aspecto defensivo, Moreno elogia o fato de a Macaca não ter sofrido gols.

``Isso em si é para mim grande vitória, porque sempre recai essa responsabilidade em cima dos zagueiros, cobrança muito forte, já que como um  todo não vínhamos apresentando bons números defensivos. Foi basicamente quase 70% do meu trabalho corrigir esses erros, posicionando melhor o time´´, pontua.

Moreno elogia o empenho dos atletas -  destacando nomes como Apodi, Luizão, Wellington Carvalho, Yuri e Camilo – e ressalta a importância de poder repetir a maior parte dos titulares para chegar ao equilíbrio.

``Prefiro sempre dar confiança aos jogadores, podem reparar que tenho insistido na formação em busca de padrão. A Ponte Preta já está tendo cara, um corpo, mais coisas a mostrar nos jogos. E isso também vale para a defesa´´, diz.

O treinador finaliza falando da importância da Comissão Técnica que o acompanha.

``A Ponte tem profissionais da mais alta qualidade. Nosso preparador físico, Juvenilson, o fisiologista Cauê, o Sandro que é diretamente ligado a mim; o Caio, analista dos adversários, o Leonardo Neto, coordenador de performance, nosso departamento médico, que é fantástico, nosso nutricionista Caíque. Todos trabalham juntos, sempre buscando o melhor, mesmo ante a dificuldades. É trabalho integrado, que me deixa tranquilo na tomada de decisões e propicia ótimo preparo aos jogadores´´, ressalta.




Fonte e foto: assessoria de imprensa da Ponte