terça-feira, 26 de agosto de 2008

Zagueiro do Campinas recebe 10 jogos de suspensão no TJD por agredir o adversário

O Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo foi rigoroso com o zagueiro Luiz Eduardo, do Campinas (veja o mascote), que disputa a Quarta Divisão do Campeonato Paulista. Por ter acertado um pontapé sem bola em um atacante do Guarujá, ele foi expulso de campo e teve a agressão relatada na súmula. E, no julgamento realizado na última segunda-feira, na sede da Federação Paulista de Futebol, o jogador acabou recebendo um merecido castigo: 10 jogos de suspensão.

A diretoria do Campinas pretende recorrer da decisão do TJD. Porém, em se tratando de agressão, dificilmente o zagueiro Luiz Eduardo terá a pena reduzida. E, se cumprir à risca as outras nove partidas de suspensão (a automática já foi cumprida), o jogador só voltará a campo se o seu time garantir presença na fase decisiva da Quarta Divisão.

Luiz Eduardo foi denunciado no artigo 253 (agressão física) e poderia ficar mais de um ano afastado do futebol. O advogado do Campinas conseguiu desclassificar a denúncia para o artigo 258 (atitude contrária à disciplina ou à moral desportiva). O problema é que o zagueiro era reincidente e acabou pegando a pena máxima: 10 jogos.

Faltando cinco rodadas para o encerramento da segunda fase do Campeonato Paulista da Quarta Divisão, Luiz Eduardo já não participa mais da luta pela classificação à terceira fase. O Campinas, é o vice-líder do Grupo 8, com 11 pontos, e tem grandes possibilidade de prosseguir na competição. Mas, mesmo que isso aconteça, o jogador estará fora das quatro primeiras partidas na fase seguinte.